quinta-feira, 31 julho, 2014. 01:18 UTC

Notícias / Mundo

China:Propostas reformistas atraem cada vez mais atenções

Basta aceder à Internet e abrir as páginas dos jornais chineses para encontrar vários debates sobre reformas do sistema.

Redacção VOA
Na China, a mudança de liderança verificou-se há poucas semanas e as expectativas de mudança estão a aumentar.

De facto, o apetite do público chinês por temas tais como a desaceleração da economia, as reformas no sistema legal e a minimização da corrupção governamental, está a aumentar dia para dia.

Basta aceder à Internet e abrir as páginas dos jornais chineses ou os muitos blogs em língua chinesa para encontrar vários debates sobre reformas do sistema.

Jin CanRong é um pesquisador da Universidade Renmin em Pequim. Ele concorda com a premissa de que as propostas de reforma atraem cada vez mais as atenções.
Jin firma que apesar de toda a gente ter esperança nas reformas, é pouco claro o que é que isso quer dizer na realidade. Segundo aquele cientista político o conceito de reforma pode ter um significado diferente para pessoas diferentes.

Algumas propostas defendem contudo mudanças radicais e bem determinadas. Nas suas edições de hoje vários jornais de Pequim publicaram artigos acerca de uma recente reunião envolvendo, Wang Qishan, um dos novos líderes nacionais, na qual se debateu a questão dos bens privados das entidades oficiais chinesas.
Tal transparência seria revolucionária num sistema de governo conhecido pelo seu secretismo.

Na semana passada o novo líder do partido comunista Xi Jinping proferiu um discurso transmitido pelos meios de comunicação tendo por tema a “grande renovação da nação chinesa”. Jin Canrong afirma que o discurso reflectiu claramente a sua ideia de que o rejuvenescimento nacional era um objectivo nacional e que o modo através do qual poderá ser atingido é aplicando reformas quando e onde são necessárias.

Alguns analistas ocidentais estão convencidos que Xi e a sua equipa de 6 outros dirigentes chineses não vão ser capazes de ir para a frente com uma maior abertura política e económica. Eles argumentam que há muitos obstáculos no seio do sistema chinês tais como os militares, o aparelho de segurança, as poderosas companhias estatais e outras forças que impossibilitam isso.

Um exemplo recente põe em destaque não só a cada vez maior consciência de reforma dos chineses mas também a relutância do governo em mudar.

No domingo os meios de comunicação estatais deram especial atenção aquela que poderá ser uma importante decisão dos tribunais.

As notícias referiam-se a um individuo que foi condenado a um ano e meio de prisão pode deter ilegalmente pessoas que se deslocaram a Pequim para expor as suas queixas ao governo central.

Esses centros de detenção, operando à margem da lei, desde há muito que são controversos e a própria imprensa estatal referiu a existência de 70 centros do género só na região de Pequim.

Uma decisão judicial contra eles seria uma clara indicação de que o governo estava a agir. Contudo pouco depois da notícia de decisão do tribunal ter sido divulgada, a imprensa estatal voltou atrás e disse que a notícia era falsa.

Muitos analistas concluem que quando se tratar de problemas demasiadamente sensíveis, as perspectivas de reforma na China permanecerão uma miragem.
O forúm foi encerrado
Comentários
     
Năo existem comentários. Seja o primeiro

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Sexta 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Vilma Nhambi - Participante Yalii
X
30.07.2014 12:56
Vilma Nhambi - Participante Yali. Veio de Moçambique e tem um projecto com mulheres e adolescentes nas zonas rurais.
Vídeo

Vídeo Vilma Nhambi - Participante Yali

Vilma Nhambi - Participante Yali. Veio de Moçambique e tem um projecto com mulheres e adolescentes nas zonas rurais.
Vídeo

Vídeo Selma Neves - Participante Yali

Selma Neves - Participante Yali, veio de Cabo Verde. É Presidente da Incubadora, uma cooperativa de empoderamento de mulheres e fica por mais dois meses para um estágio em Nova Iorque
Vídeo

Vídeo Manchetes Americanas 29 Julho 2014

Os principais assuntos que fazem a actualidade dos Estados Unidos da América, com Bruna Ladeira
Vídeo

Vídeo Majo Joseph - Participante Yali

Majo Joseph - Participante Yali veio de Moçambique e a sua área de acção é a sociedade civil e seu empoderamento
Vídeo

Vídeo Akiules Neto - Participante Yali

Akiules Neto - Participante Yali. Veio de Angola e a sua vida são os números
Vídeo

Vídeo Mamografias 3D revolucionam detecção do cancro da mama

Durante anos as mamografias desempenharam um papel vital na detecção do cancro da mama. Mas nem sempre conseguem identificar tumores perigosos. A tecnologia a três dimensões pode revolucionar a triagem e salvar vidas
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 25 Julho 2014

Os títulos que encerraram a semana no continente africano. Dos ataques do Boko Haram à expansão do vírus do ébola
Vídeo

Vídeo Manchetes Americanas 24 Julho 2014

Os principais acontecimentos que marcam a actualidade americana na penúltima semana do mês de Julho
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 24 Julho 2014

Os principais títulos que marcam a actualidade de África nesta Quinta-feira
Mais Vídeos