quinta-feira, 17 abril, 2014. 06:56 UTC

Notícias / Angola

CASA-CE poderá transformar-se em partido

Perito avisa que fim da coligação deverá ser consensual

A caminho de um partido? Dirigentes e apoiantes da coligação CASA-CE em marcha durante o período eleitoral
A caminho de um partido? Dirigentes e apoiantes da coligação CASA-CE em marcha durante o período eleitoral
Tamanho das letras - +
A Convergência Ampla de Salvação de Angola - Coligação Eleitoral (CASA-CE) está a analisar a possibilidade de se transformar num partido político.




A CASA CE está a preparar-se para as autarquias em diversas província do país e a possibilidade de se formar num partido político tem sido uma das possibilidades em estudo.

Contudo um analista avisou que essa transição pode influenciar negativamente o eleitorado se ela não for consensual.

Em declarações à Voz da América, o analista Ângelo Kapwatcha defendeu a necessidade de haver consenso entre todos líderes de cada partido que compõem essa coligação para se evitar deserções.

“ Se os partidos políticos que compõem a CASA-CE não juntarem os seus membros, os seus princípios, as suas ideias, as suas crenças neste futuro partido isso pode trazer a desagregação e desagregação pode trazer fragilidade”disse Kapwatacha que referiu ainda que uma transição com êxito não fará diferença nenhuma ao eleitorado, visto que o eleitor angolano é indiferente em votar numa coligação ou num partido politico.

“ Isso não produz impacto nos sujeitos eleitorais porque os eleitores são indiferentes em votar num partido político ou numa coligação de partidos políticos” afirmou o analista, acrescentando que “portanto quando o eleitorado recebeu a coligação “ nas eleições de 2012  “não se preocupou em distinguir se isso é um partido ou coligação de partidos políticos, olhou por aquilo que a coligação CASA-CE, podia trazer de melhor e votou”.

As primeiras eleições autárquicas em Angola, inicialmente previstas para 2014, deverão realizar-se somente em 2015, anunciou recentemente, o ministro da Administração do Território, durante uma visita a província do Huambo.

O secretário provincial da CASA- CE em Benguela, Florêncio Kajamba disse à Voz da América que a oportunidade da coligação concorrer nas próximas eleições como partido político  está a ser discutida nas conferências municipais e será submetido ao Congresso extraordinário em Abril de 2013 para uma tomada de decisão.

“Se passarmos para partido isso vai tornar a força política cada vez mais coesa. Não quer dizer que não há coesão agora, mas a forma de funcionar de uma coligação, não é igual a de um partido” disse Kajamba acrescentando que “ daí que se formos para um partido teremos mais vantagens”.

Recentemente, o presidente da CASA-CE Abel Chivukuvuku, dissera em Luanda que, a transformação da sua coligação em partido político, faz parte dos acordos iniciais que levaram à constituição da CASA.

No entanto, será feito um estudo da viabilidade jurídica, legal para depois se decidir no congresso se irão dar este passo ou não.

Kajamba explicou que, o ciclo de conferências municipais terminou em Novembro.
Em Janeiro do próximo ano deverá ser realizada a conferência provincial.

A CASA-CE obteve 6 por cento dos votos e elegeu oito deputados nas eleições gerais de 31 de Agosto
O forúm foi encerrado
Comentários
     
Năo existem comentários. Seja o primeiro

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Sexta 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Manchetes Africanas 16 de Abrili
|| 0:00:00
...
 
🔇
X
16.04.2014
Vídeo

Vídeo "Temos muitos problemas na Guiné-Bissau", Abel Incada, candidato presidencial

Os guineenses foram às urnas a 13 de Abril e estão expectantes num novo Governo de paz e estável
Vídeo

Vídeo África do Sul vai a votos a 7 de Maio

Na África do Sul, o ANC está em campanha difícil para segurar o seu domínio no Limpopo, onde ganhou 85 por cento dos votos em 2009.
Vídeo

Vídeo Pistorius está no banco dos réus e a acusação tem sido dura

Os acusadores tentaram descrever o atleta sul-africano Oscar Pistorius como egoísta e abusivo durante o segundo dia de interrogatório no seu julgamento por homicídio.
Vídeo

Vídeo A luta dos medicamentos baratos

O Governo da África do Sul vai aprovar reformas sobre propriedade intelectual – incluindo patentes de medicamentos – que para activistas de saúde poderão permitir que mais sul-africanos possam ter acesso a medicamentos genéricos,
Mais Vídeos