sexta-feira, 31 outubro, 2014. 19:58 UTC

Notícias / África

José Maria Neves pede apoio de todos para os "Tubarões Azuis"

Selecção de futebol de Cabo Verde ultima preparativos para o CAN 2013

Eugénio Teixeira
O primeiro ministro cabo-verdiano  reforçou o apelo para que todos os cidadãos apoiem a Selecção Nacional de futebol, Tubarões Azuis que irão marcar presença na CAN- África do Sul, competição a ser disputada de 19 de Janeiro a 10 de Fevereiro do próximo ano.




José Maria Neves considera que com o engajamento de todos, ficarão criadas as condições para que os nossos representantes possam realizar uma boa preparação e participação na maior competição futebolística do continente africano.

O primeiro ministro recordou que a Taça das Nações Africanas é das competiçoes desportivas "mais vistas no mundo" pelo que Cabo verde tem que ir "o mais longe possível"

O chefe do Governo fez esse apelo ontem à noite no estádio da Várzea, recinto que acolheu um espetáculo musical para apoiar a Selecção.

Tendo em conta as exigências da competição, José Maria Neves entende que se todos derem a sua contribuição, a equipa do arquipélago  partirá "mais forte e moralizada" para a CAN-2013.

O primeiro-ministro garantiu total envolvimento e apoio do Governo à Selecção, para que o grupo tenha as melhores condições de preparação e possa realizar uma excelente competição.

A Federação está a ultimar os preparativos para a realização do estágio da equipa nacional de futebol, estádio que deverá ter lugar em Moçambique, país vizinho da África do Sul, palco da CAN-2013.

Como se sabe e de acordo com o sorteio, Cabo Verde joga com a equipa da casa África do Sul na abertura da competição no dia 19 de Janeiro, depois joga no dia 23 com Marrocos e fecha a primeira fase no dia 27, jogando com Angola, Selecções inseridas no grupo-A.
O forúm foi encerrado
Comentários
     
Năo existem comentários. Seja o primeiro

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Sexta 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Levando a vida no cemitério: Reportagem sobre pobreza persistente em Moçambiquei
X
31.10.2014 18:08
Com as suas ricas reservas de gás natural por explorar, Moçambique poderá tornar-se num dos maiores abastecedores de energia – facto central nas recentes eleições nacionais. Mas nem todos usufruem das riquezas acumuladas. Há uma pobreza persistente, veja como alguns residentes de Maputo sobrevivem
Vídeo

Vídeo Levando a vida no cemitério: Reportagem sobre pobreza persistente em Moçambique

Com as suas ricas reservas de gás natural por explorar, Moçambique poderá tornar-se num dos maiores abastecedores de energia – facto central nas recentes eleições nacionais. Mas nem todos usufruem das riquezas acumuladas. Há uma pobreza persistente, veja como alguns residentes de Maputo sobrevivem
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 31 Outubro 2014

As noticias de Africa em video
Vídeo

Vídeo Manchetes Americanas 30 Outubro 2014

As principais notícias que marcam a última semana do mês de Outubro, nos Estados Unidos
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 30 Outubro 2014

As noticias de Africa em video
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 29 Outubro 2014

As noticias de Africa em video
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 28 Outubro 2014

As noticias de Africa em video
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 24 Outubro 2014

As noticias de Africa em imagens
Vídeo

Vídeo Levados pelo Boko Haram

O mundo espera para ver se a Nigéria consegue negociar a libertação das 219 raparigas da escola de Chibok, raptadas pelo grupo islâmico Boko Haram em Abril. Activistas dizem que o Boko Haram já raptou centenas de jovens rapazes, mulheres e crianças, desde 2009.
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 23 Outubro 2014

As noticias de Africa em imagens
Vídeo

Vídeo Mãe Trabalhadora - trailler do filme

O filme explora a dupla responsabilidade das mulheres moçambicanas, como mães e trabalhadoras. Gentilmente cedido pelo Organização Internacional do Trabalho
Mais Vídeos