quinta-feira, 31 julho, 2014. 21:36 UTC

Notícias / África

Guiné-Bissau: Domingos Fernandes deixa legado democrático

Domingos Fernandes era considerado o pioneiro do exercício efectivo do pluralismo democrático na Guiné-Bissau.

Parlamento da Guiné-Bissau
Parlamento da Guiné-Bissau
Lassana Casamá
Morreu recentemente em Lisboa com 63 anos de idade Domingos Fernandes, um dos líderes pró-democráticos da Guiné-Bissau e fundador da Resistência da Guiné-Bissau, a primeira formação política expressiva no início do pluralismo político guineense.


Na sequência do funeral de Domingos Fernandes, em Lisboa,  o nosso correspondente em Bissau, Lassana Cassamá visitou a casa do malogrado, no bairro de Penha, nos subúrbios de Bissau, onde encontrou os familiares e amigos que ainda estão acometidos pelo sentimento de perder um ente querido.

Falar de Dr. Domingos não é fácil, porque era um homem intelectual e com grandes capacidades - foi assim que Júlio Cardoso, um dos mais notáveis próximos do malogrado, em dois campos diferentes: o político e o social, começou por lembrar de quem era o primeiro presidente da Resistência da Guiné-Bissau (Movimento Bã-fata), que recentemente faleceu em Lisboa, depois de uma intervenção cirúrgica à prostata.

Domingos Fernandes era considerado o pioneiro do exercício efectivo do pluralismo democrático na Guiné-Bissau, porquanto na altura o então partido único, o PAIGC, dispunha de uma máquina opressora muito forte.

Mas, mesmo assim, a convicção do Dr. Domingos, não só político, como também médico de profissão, acabou por impor-se com a mobilização, formação e implantação da RGB na Guiné-Bissau.

Foi uma história longa e que foi recordada atenta e pormenorizadamente aqui por Júlio Cardoso ao microfone da VOA.
O forúm foi encerrado
Comentários
     
Năo existem comentários. Seja o primeiro

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Sexta 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Ivan Collinson - Participante Yalii
X
31.07.2014 20:06
Ivan Collinson - Participante Yali. Veio de Moçambique e é director adjunto do registo académico da Universidade Eduardo Mondlane. Ivan sente-se mais africano depois de participar na Iniciativa Jovens Líderes Africanos nos EUA
Vídeo

Vídeo Ivan Collinson - Participante Yali

Ivan Collinson - Participante Yali. Veio de Moçambique e é director adjunto do registo académico da Universidade Eduardo Mondlane. Ivan sente-se mais africano depois de participar na Iniciativa Jovens Líderes Africanos nos EUA
Vídeo

Vídeo Manchetes Americanas 31 Julho 2014

Câmara dos Representantes indicia processo contra Presidente Barack Obama
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 31Julho 2014

Da propagação do vírus do ébola, aos ataques do Boko Haram. Os títulos que marcam a actualidade de África
Vídeo

Vídeo Cadija Mané - Participante Yali

Cadija Mané - Participante Yali. Veio da Guiné-Bissau, onde trabalha como coordenadora da Casa dos Direitos. Regressa para a Guiné com mais determinação e força de vontade para mudar as coisas
Vídeo

Vídeo Vilma Nhambi - Participante Yali

Vilma Nhambi - Participante Yali. Veio de Moçambique e tem um projecto com mulheres e adolescentes nas zonas rurais.
Vídeo

Vídeo Selma Neves - Participante Yali

Selma Neves - Participante Yali, veio de Cabo Verde. É Presidente da Incubadora, uma cooperativa de empoderamento de mulheres e fica por mais dois meses para um estágio em Nova Iorque
Vídeo

Vídeo Manchetes Americanas 29 Julho 2014

Os principais assuntos que fazem a actualidade dos Estados Unidos da América, com Bruna Ladeira
Vídeo

Vídeo Majo Joseph - Participante Yali

Majo Joseph - Participante Yali veio de Moçambique e a sua área de acção é a sociedade civil e seu empoderamento
Vídeo

Vídeo Akiules Neto - Participante Yali

Akiules Neto - Participante Yali. Veio de Angola e a sua vida são os números
Mais Vídeos