sábado, 29 novembro, 2014. 01:03 UTC

Notícias / Entretenimento

85ª Academia de Oscares tem lugar este Domingo

Melhor Música Original é uma das categorias que este ano vai dar muito que pensar e... escolher.

Preparativos para a 85ª Academia de Oscares tiveram o início há várias semanas
Preparativos para a 85ª Academia de Oscares tiveram o início há várias semanas

Multimédia

Áudio
Redacção VOA
Os compositores das bandas sonoras de filmes podem até não fazer parte da lista A de celebridades como actores e realizadores, mas os seus trabalhos são cruciais para o sucesso dos filmes. Este é um facto reconhecido pela Academia dos Óscar na sua categoria de Melhor Música Original.

Para este ano alguns filmes já estão conotados como vencedores desta categoria, com destaque a Lincoln, Argo, Skyfall, Anna Karenina e Life of Pi...

A música dos filmes também nasceu há muitos anos, ou seja, surge desde os primeiros anos da invenção do cinema, quando tudo era ainda uma forma de contar a história.

Daniel Carlin dirige o departamento de Cinema e Televisão na Thornton School of Music na Universidade da Carolina do Sul. Para ele os concorrentes para o prémio de Melhor Música Original, são ilustres pelas suas sofisticações e diversidade cultural.

“As influências culturais vão desde Índia a Turquia ao Irão e ao oriente, e a seguir regressa a Rússia no século XIX. Todas essas músicas são dignas de sucesso e de consideração merecida.”

Vejamos como o exemplo a banda sonora do filme Life o Pi, que retrata a vida de um jovem indiano e um tigre a deriva no oceano, realizado por Ang Lee.
Daniel Carlin admira os instrumentos musicais da Asia do Sul que o veterano compositor Mychael Danna trouxe para o projecto.

“Eu também apreciei a forma como ele incorpora a harmonia dos instrumentos musicais indianos num modelo mais tradicional de banda sonora do filme. Nós ficamos com a sensação da India, ao mesmo tempo que não abandonamos o conforto da nossa realidade, no que fiz respeito a maneira como sentimos a música americana num filme.”

Carlin diz que os temas orientais e ocidentais foram igualmente combinados no trabalho de Alexandre Desplat no filme Argo. A história baseia-se de um conto real e tem lugar no Irão durante a crise de reféns em 1979.

Uma combinação de géneros musicais foi também realizada no filme Skyfall, por Thomas Newman. Daneil Carlin diz que Newman combinou o tacto do mundo de alta tecnologia de James Bond com a personagem de Bond, que é mais melancólico em relação com aos anteriores filmes de James Bond.

“Penso que ele dá-nos em adição um sentimento humano do que aquele actor machista e cómico – o típico de James Bond.”

Newman foi proposto para o Óscar de Melhor Banda Sonora 11 vezes, apesar de já o ter ganho. Algumas pessoas dizem haver razão para que ganhe desta vez.
A música de Dario Marianelli no filme de Anna Karenina, baseado da obra-prima do russo Leo Tolstoy, foi também proposto para o prémio.

Na visão de Daniel Carlin, Marianelli geriu a combinação de diferentes tipos de músicas a mudança de acção em cada cenário. 

“É quase coreográfico. E pode-se dizer que apesar dele ter ido além desta realidade. Marianelli é muito bom nisso, e realmente aprecio esse profissionalismo e cuidado.”

O compositor John Williams foi proposto pela 48ª vez para o Oscar através do filme Lincoln. A banda sonora de Williams realça as melodias das músicas sacras e folclores americanos do século XIX. 

Uma banda sonora do filme não deve nuca competir com o argumento. Daneil Carlin adianta que isso colocou um desafio a Williams porque Lincoln é enfadonho em diálogo.

“O compositor adepto - e John certamente que é – apoia o drama e a emoção mas como usar os instrumentos correctos e os arranjos sonoros, se não competes ao mesmo nível de frequência como num diálogo. Isso é muito astucioso e ele é muito bom nisso. Pela sua estatura e a banda sonora é magnífica, John está provavelmente entre os favoritos.”

A Academia dos Oscares é já no Domingo 24. Para saber mais sobre aquele que vai ganhar o prémio de Melhor Música ou Banda Sonora, basta apenas esperar pelo… “se faz favor, o envelope”.
O forúm foi encerrado
Comentários
     
Năo existem comentários. Seja o primeiro

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Qui 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sexta-feira 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Perseguição aos vendedores de ruai
X
28.11.2014 20:08
O Conselho municipal de Nairobi, no Quénia, foi acusado de brutalidade na forma como trata os vendedores de rua no distrito central de negócios – por forma a impedir que eles vendam ilegalmente a sua mercadoria nas ruas.
Vídeo

Vídeo Perseguição aos vendedores de rua

O Conselho municipal de Nairobi, no Quénia, foi acusado de brutalidade na forma como trata os vendedores de rua no distrito central de negócios – por forma a impedir que eles vendam ilegalmente a sua mercadoria nas ruas.
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 28 Novembro 2014

A actualidade africana em apenas 60 segundos
Vídeo

Vídeo Branca de Neve e os 7 Anões em Luanda

Estúdio de Actores de Mel Gamboa apresenta Branca de Neve e os 7 Anões em Luanda, no Elinga Teatro.
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 27 Novembro 2014

A actualidade noticiosa do continente africano
Vídeo

Vídeo Bobby Smith o benfeitor

No dia de Acção de Graças nos Estados Unidos, agradece-se as bênçãos recebidas ao longo do ano. Bobby Smith, imigrante nos EUA, vindo da Serra Leoa, criou uma pequena organização de voluntários Hope for Lives in Sierra Leone, para ajudar os desfavorecidos na sua terra Natal
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 26 Novembro 2014

As imagens das noticias de Africa
Vídeo

Vídeo Manchetes Americanas 25 Novembro 2014

A actualidade americana num minuto!
Vídeo

Vídeo A Voz da América nas manifestações em Ferguson

O polícia que matou Michael Brown não será acusado.
Vídeo

Vídeo Protestos violentos causam caos em Ferguson, Estados Unidos

Uma decisão de um Grande Júri no Misssouri de não indiciar o policia branco Darren Wilson pela morte a tiro do jovem africano-americano Michael Brown resultou em mais violência e destruição em Ferguson. Isto apesar dos apelos a manifestações pacíficas por parte dos lideres comunitário
Mais Vídeos