quarta-feira, 23 abril, 2014. 14:22 UTC

Notícias / Angola

Angola: Procurador geral deve demitir-se, diz PRS.

Jornal português diz que Joao Maria Sousa esteve envolvido em "fraude e branqueamento de capitais"

Estátua da justiça. Procurador devia afastar-se, diz PRSEstátua da justiça. Procurador devia afastar-se, diz PRS
x
Estátua da justiça. Procurador devia afastar-se, diz PRS
Estátua da justiça. Procurador devia afastar-se, diz PRS
Tamanho das letras - +
Redacção VOA
O procurador geral de Angola devia colocar o seu lugar à disposição enquanto decorrem as investigações na justiça portuguesa sobre actividades ilegais em que ele esteve alegadamente envolvido,  considera o PRS.




A declaração deste partido segue-se à publicação de uma notícia em Portugal segundo a qual o Procurador João Maria Sousa estava a ser investigado pelas autoridades portuguesas por alegado envolvimento em “fraude e  branqueamento de capitais”.

A procuradoria angola respondeu num comunicado de impressa publicado pela imprensa estatal angolana considerando como sendo “despudorada” e “desavergonhada” a forma como o segredo de justiça é “sistemàticamente” violado em Portugal em casos relativos a “honrados” cidadãos angolanos.

O Partido de Renovação Social considera que o Procurador Geral de República  devia ao invés de se insurgir contra a comunicação social daquele país europeu devia suspender as suas actividades enquanto decorrem as investigações.

O pensamento do PRS foi expresso à   Voz da América pelo seu porta-voz Joaquim Nafoia.

“Ele devia demitir-se e colocar-se à disposição da Justiça portuguesa e não escudar-se por detrás das instituições angolanas para esconder os seus crimes”, disse.


A   PGR de Angola classificou a notícia como “vexatória” e considera que peca por “falta de ética, profissionalismo e objectividade por parte de quem violou o segredo de justiça e de quem, de má-fé a veiculou”.

Joaquim Nafoia disse que, com esta atitude,  a PGR fez um papel ridículo e recordou que o procurador já teve envolvido anteriormente em outras controvérsias.
O forúm foi encerrado
Comentário
Comentários
     
por: joao antonio de: lobito angola
02.03.2013 09:43
o pgr tem que escolher ou ser caixeiro viajante do regime ou prestar fidelidade a lei , portugal tem um sistema juridico independente e integro pois tais incompactibilidades inconstitucionais nao passam nem no paqrlamento,nem na justica e nem o povo portugues aceita compactuar com esse trafico de influencias corruptivas que vizam o empobrecimento da nacao que se que redimir junto aos povos que fez sofrer durante anos. para o pgr deste pais digo que de a cesar o que e de cesar e a deus o que e de deus

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Sexta 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Manchetes Africanas 22 de Abrili
|| 0:00:00
...
 
🔇
X
22.04.2014 16:03
Mais Vídeos