quarta-feira, 27 agosto, 2014. 20:58 UTC

Notícias / África

Amamentação evita a subnutrição e aumenta a imunidade

Segundo o estudo “Super Alimentos para Bebés” mais de 800 mil vidas de bebés podem ser salvas anualmente se as mulheres começarem a amamentar logo na primeira hora de nascença.

Paul (right) says the policy of exclusive breastfeeding faces severe challenges in South Africa (Photo:D.Taylor)
Paul (right) says the policy of exclusive breastfeeding faces severe challenges in South Africa (Photo:D.Taylor)
A organização Save the Children descreve a amamentação como uma das melhores maneiras de evitar a subnutrição, um dos principais causadores da morte de crianças com menos de cinco anos de idade.

Carolyn Miles da Save the Children afirma que é vital começar-se a dar a mama às crianças assim que elas nascem.

O problema é que as mães por vezes podem ter dificuldade em iniciar a amamentação.

Mas ela nota que o primeiro leite materno contém colostro, uma formula extremamente nutritiva de leite materno com imensos poderes de imunidade. O colostro está apenas presente nas primeiras horas após o parto.
O estudo descreve o colostro como a primeira vacina.

Todavia em algumas culturas, como em certas partes do Níger, há um mito de que o colostro é perigoso.

“Uma das grandes barreiras que encontramos às mães amamentarem é uma série de crenças culturais e uma delas, é de facto, que o colostro é mau para os bebés. Numa série de lugares no mundo as mães de facto deitam fora este leite inicial – aquele que é de facto a melhor coisa que se pode dar aos recém-nascidos. Está muito dependente de uma mudança de comportamento. São tradições antigas que passam de geração para geração e que estamos a tentar mudar.”

Muitas mães acreditam que os seus bebés precisam de comer algo para além do leite. Miles frisa que não é preciso dar-se a um bebe água, água adocicada e chá.

“De facto os bebés não precisam destas coisas. Para demonstrar que não precisam pedimos às pessoas que observem os animais, os quais não bebem água, apenas o leite materno. É a mesma coisa com os seres humanos. Não precisam mais que do leite materno.”

Há outra razão pela qual se deve começar cedo a amamentação – nota Miles: “Quanto mais cedo as mães começarem a amamentar mais provável é que o façam durante os seis primeiros meses, quando há imensos benefícios de saúde para os bebés.”

A responsável da Save the Children indica que outro obstáculo à amamentação é a falta de trabalhadores de saúde nos países em desenvolvimento. – pessoas com conhecimentos básicos  e que ajudam as mães a iniciar a amamentação.

O estudo “Super Alimentos para Bebés” recomenda que cada país assegure o mínimo de licença por maternidade de 14 semanas. E que quando as mulheres regressem ao trabalho, recebam apoio para que possam continuar a alimentar ao peito os seus bebés.

Foram feitos muitos avanços, nota Miles, nos esforços para reduzir a mortalidade infantil. Mas mais vidas poderiam ser salvas se mais mulheres amamentassem ao peito os seus bebés.
O forúm foi encerrado
Comentários
     
Năo existem comentários. Seja o primeiro

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Sexta 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Lei Russa Contra a Profanaçãoi
X
27.08.2014 18:06
A Rússia promulgou em Julho uma lei que ameaça multar actos de profanação nos media, filmes, literatura, na música e no teatro. A restrição foi bem recebida por quem diz que a blasfémia está fora do controlo, outros rejeitam a decisão por considerarem tratar-se de paternalização e censura
Vídeo

Vídeo Lei Russa Contra a Profanação

A Rússia promulgou em Julho uma lei que ameaça multar actos de profanação nos media, filmes, literatura, na música e no teatro. A restrição foi bem recebida por quem diz que a blasfémia está fora do controlo, outros rejeitam a decisão por considerarem tratar-se de paternalização e censura
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 27 Agosto 2014

Noticias de Africa em video
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 26 Agosto 2014

Noticias de Africa em video
Vídeo

Vídeo Manchetes Americanas 26 Agosto 2014

Os principais títulos americanos na última semana de Agosto
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 25 Agosto 2014

As noticias de Africa em video
Vídeo

Vídeo O impacto económico do Ébola

O recente surto de Ébola na Africa Ocidental poderá prejudicar as economias governamentais na Libéria, Guine, e Serra Leoa, e talvez mesmo Nigéria. Os esforços de prevenção interferem com o comércio, desportos e viagens
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 22 Agosto 2014

Noticias de Africa em video
Vídeo

Vídeo Ferguson clama por justiça

Violência, frustração e raiva têm sido a combinação explosiva no bairro de St. Louis, em Ferguson, Missouri. Os protestos começaram depois de um jovem negro de 18 anos ter sido morto por um polícia branco
Mais Vídeos