segunda-feira, 08 fevereiro, 2016. 16:56 UTC

    Notícias / Angola

    Sul de Angola poderá estancar a malária

    País precisa de milhões de redes mosquiteiras

    Angola: Malária é a primeira causa de mortalidade no país
    Angola: Malária é a primeira causa de mortalidade no país
    Armando Chicoca
    As autoridades centrais de saúde em Angola afirmam que existe a possibilidade de se estancar a malária no país, nos próximos 5 anos, começando pela região sul de Angola, segundo disse o membro da equipa técnica do programa nacional de luta contra a malária, Dr Nelson Saraiva.




    O Dr Saraiva disse que a malária continua a ser endémica no país mas que a prevalência não é homogénea.

    Há características diferentes em três zonas do país mas as particularidades de cada uma das três zonas do pais, permitem adoptar medidas que visem um combate sério e travar a mortalidade por malária.

    Aquele responsável, descreveu a zona norte a mais preocupante, portanto cinzenta, a do centro estável, enquanto que a região sul de Angola caracterizada como sendo cíclica e com maior probabilidade de erradicação da doença nos próximos 5 anos.

    A equipa técnica do programa nacional de luta contra malária, constatou que os níveis da malária na Província do Namibe abaixaram consideravelmente, fruto das medidas de prevenção em curso nesta região sul de Angola, no âmbito do projecto pré-eliminação da malária em curso.

    O Município do Tombwa é apontado como sendo satélite e por via disso, aconselha-se um trabalho árduo na educação das comunidade sobre a doença, o controlo dos agentes da malária, e também em consonância com outros sectores, trabalhar na melhoria do saneamento básico.

    O programa de luta contra a malária necessita de oito milhões  de mosquiteiros para a população em risco, avaliada em 80%, no âmbito do programa de prevenção da doença, encontrando-se já no país, neste momento, quatro milhões mosquiteiros.
    O forúm foi encerrado
    Comentários
         
    Năo existem comentários. Seja o primeiro

    Siga-nos

    Rádio

    AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

    Sexta 16:30 - 17:30 UTC
     

    AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

    Seg-Qui 17:00 - 18:30 UTC
     

    AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

    Sexta-feira 17:30 UTC
     

    AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

    Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

    Os Nossos Vídeos

    Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
    Acesso à Internet em Maputo: Mulheres vs Homens - Que soluções?i
    || 0:00:00
    ...  
     
    X
    07.02.2016 06:49
    Fernanda Lobato aponta as dificuldades que as mulheres moçambicanas enfrentam no acesso à tecnologia, à saúde, a bens essenciais
    Vídeo

    Vídeo Acesso à Internet em Maputo: Mulheres vs Homens - Que soluções?

    Fernanda Lobato aponta as dificuldades que as mulheres moçambicanas enfrentam no acesso à tecnologia, à saúde, a bens essenciais
    Vídeo

    Vídeo Filhos de Jonas Savimbi levam empresa de jogo Call of Duty a tribunal

    Em causa está um milhão de dólares de indemnização por danos morais Entrevista dada à AFP
    Vídeo

    Vídeo Como Chegar à Casa Branca II

    O caminho para a Casa Branca depende de muitos factores Um deles é sem dúvida o financiamento - quanto mais dinheiro tiver, melhor para o candidato Este é o 2º vídeo que explica como decorre a campanha presidencial nos Estados Unidos até ao dia da eleição do Presidente
    Mais Vídeos