quinta-feira, 02 outubro, 2014. 04:22 UTC

Notícias / Angola

Activista pede intervenção de Eduardo dos Santos no caso "Diamantes de Sangue"

Rafael Marques pede reabertura de processo contra nove generais

Capa do livro "Diamantes de Sangue", de Rafael Marques
Capa do livro "Diamantes de Sangue", de Rafael Marques
Coque Mukuta
Rafael Marques jornalista e activista angolano entregou na manhã desta sexta-feira um pedido de intervenção do Presidente da República José Eduardo do Santos  no caso das Lundas envolvendo nove generais.




Os generais foram acusados pelo activista de estarem envolvidos em diversos crimes através das suas ligações com companhias que exploram diamantes naquelas províncias.

Um queixa-crime apresentada por Rafael Marques foi rejeitada pela Procuradoria da República angolana

Rafael MarquesRafael Marques
x
Rafael Marques
Rafael Marques
Segundo o activista esgotados que estão  os mecanismos juntos das instâncias judiciais de Angola cabe ao mais alto magistrado da nação ordenar a reabertura do processo.

Os detalhes das acusações de Rafael Marques estão contidos num livro recentemente publicado e que levou os generais a intentarem uma acção crime junto das autoridades portuguesas.

A acção, iniciada também contra a editora portuguesa do livro “Diamantes de Sangue”, foi rejeitada pela procuradoria  portuguesa.
O forúm foi encerrado
Comentário
Comentários
     
por: pires feliciano de: paris-frança
21.02.2013 17:19
O pedido do bravo Marques é legitimo,agora resta-nos conhecer se o Sr JES venha dar a dévida tratamento que merece a missiva por enquanto a experiencia ensina-nos que a "justica lava mais branca que a propria historia"


por: lehu carvalho de: luanda
18.02.2013 10:11
eu axo mesmo se o RAFAEL MARQUES publicou xte livro é pq ai tem uma pura verdade, uma história que a gente vive ja á bastante tempo mas como as nossas autoridades trabalham de olhos FECHADOS e certos ORGÃOS PUBLICOS da COMUNICAÇÃO SOCIAL nunca publicam os factos veridícos, taí mas umas das verdades e la se vão os mafiosos a tentarem com uma AÇÃO JUDICIALcontra o Rafael. Se fosse ca em Angola isto ja teria á bastante tempo cair nas mãos dos chefes, como esta a viver onum país onde tem leís fica duro para os chefes irem la corromperem as autoridades Tugas.


por: Anónimo
16.02.2013 13:14
OS TAIS DITOS GENERAIS NEN SAO GENERAIS , SAO AUTOMATAS ULTRAPASSADOS OPORTUNISTAS COM NOMES DE PATENTES DE GENERAIS, POR EX UM MUITOS DELES NEM NEM SABEM A TABUADA , SAO MILITANTES ULTRAPASSADOS DO COMUNISMO MAL COPIADO DO TEMPO DO BRESNEV OU ANDROPOV . SAO TAMBORES VAZIOS , ARROGANTES E COBARDES .


por: Prof.Kiluange de: New York City-Manhattan
15.02.2013 21:47
Ao processarem juridicamente Rafael Marques em Portugal, os generais angolanos [ Hélder Júnior "Kopelipa", ministro de Estado e chefe da Casa Militar do Presidente da República; Carlos Vaal da Silva, inspetor-geral do Estado-Maior General das Forças Armadas Angolanas (FAA); Armando Neto, governador de Benguela, ex-Chefe do Estado-Maior General das FAA; Adriano Makevela, chefe da Direcção Principal de Preparação de Tropas e Ensino das FAA; João Matos, ex-Chefe do Estado-Maior General das FAA; Luís Faceira, ex-chefe do Estado-Maior do Exército das FAA; e António Faceira, ex-chefe da Divisão de Comandos, António dos Santos França "Ndalu", ex-Chefe do Estado Maior-General das FAA, e Paulo Lara (?)], incorreram-se não só (`)a conduta de má-fé (motivada por "vendetismo”), mas também ter-se-ão expostos ao Sistema Jurídico e Jurisdicional da União Europeia,"por um período de tempo"... Daqui em diante, esses indivíduos terão os seus bens e ações "escrutinados", primeiro, dentro dessa União ,depois Canadá e Estados Unidos, etc,...Mas, a pergunta pertinente é:será Dos Santos capaz de se desfazer dos seus tradicionais comparsas locais sem ser "mordido", principalmente quando esses foram substituidos pela esquematizada "Máfia Russo-Chinesa"?!...Aliás, esses generais são "apenas meros funcionários" da china sonangol international holding ltd, por que quem controla o negócio dos diamantes em Angola é Xi Jinguah (Sam Pa), e Lev Avnerovich Leviev através de Isabel dos Santos, a "suposta" mulher mais poderosa e rica em África!!!Pergunta: porque é que, apesar do conhecimento geral de todas suas artimanhas e maldições Dos Santos persiste em agudizar o sofrimento do povo angolano, quando o presente ainda lhe oferece oportunidades de se demitir incondicionalmente ao cargo,que nunca foi eleito democraticamente?

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Sexta 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Manchetes Africanas 1 Outubro 2014i
|| 0:00:00
...
 
🔇
X
01.10.2014 18:00
O video do mundo em Africa
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 1 Outubro 2014

O video do mundo em Africa
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 30 Setembro 2014

O mundo das noticias africanas em video
Vídeo

Vídeo Hong Kong: palco de manifestações pela democracia

Manifestantes ocupam centro da cidade e recusam-se a dispersar e acusam a polícia de se ter transformado em diabo.
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 29 Setembro 2014

O mundo africano de noticias em video
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 265 Setembro 2014

As noticias de Africa em imagens
Vídeo

Vídeo Libéria suspendeu ritual dos funerais devido ao Ébola

O Ébola matou mais de 1,500 pessoas só na Libéria. Especialistas em saúde pública dizem que as vítimas encontram-se na sua fase mais contagiosa, após a sua morte. As autoridades estão a tentar convencer as pessoas a contratar equipas especializadas para que sejam elas a recolher os corpos dos mortos
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 25 Setembro 2014

As noticias de Africa em video
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 24 Setembro 2014

Noticias africanas em video
Vídeo

Vídeo José Carlos Schwarz - Si bu sta dianti na luta

Homenagem do músico guineense, José Carlos Schwarz, aos seus compatriotas que lutaram pela independência da Guiné-Bissau
Mais Vídeos