quinta-feira, 18 dezembro, 2014. 14:25 UTC

Notícias / África

"O mérito foi dos jogadores" - Lúcio Antunes treinador dos "Tubarões Azuis".

Em entrevista à VOA técnico diz não ter recebido propostas de outros países ou clubes.,

Cabo Verde vence Angola no CAN 2013 (Foto SAPO)
Cabo Verde vence Angola no CAN 2013 (Foto SAPO)
Eugénio Teixeira
É herói em Cabo Verde e o seu nome foi alvo de reportagens em jornais através do mundo por ter levado os “Tubarões Azuis” aos quartos-de-final da Taça das Nações Africanos, algo que surpreendeu todos.




Mas Lúcio Antunes o treinador da selecção de futebol de Cabo Verde diz que apesar do sucesso não recebeu até agora qualquer oferta para treinar outras selecções ou clubes e para já tenciona a trabalhar na ASA, o departamento de segurança aérea de Cabo Verde e terminar o seu contracto com a federação de Futebol cabo verdiana.

“Se calhar ainda sabem que tenho um contracto com a Federação cabo verdiana de futebol ou então não faço parte dos planos de outras equipas,” disse Antunes.

Lúcio Antunes disse que os sucessos dos Tubarões Azuis se devem a um trabalho “sério e fantástico” da equipa técnica e dos jogadores.

Como todos tinham saído “dignificados” era natural que o seu nome fosse mencionado.

“Mas penso que o mérito pertence aos jogadores,” disse o técnico da selecção De Cabo Verde que a disse que a sua vida não tinha mudado como resultado do sucesso alcançado na África do Sul.

De momento, disse ele, está a descansar mas lembrou que em Março a selecção volta a entrar em acção num jogo importante de qualificação para o mundial contra a Guiné Equatorial.

Instado a comentar o seu futuro futebolístico após o contracto com a federação terminar no final de Março, Lúcio Antunes disse não saber ainda que rumo a sua carreira vai seguir a partir dessa data.

Mas, disse ele, tenciona continuar a treinar equipas de futebol.

“É um bichinho que não acaba de um dia para o outro,” disse.

“Se não tiver oportunidade de trabalhar com a selecção nacional ou com uma equipa posso trabalhar com crianças até surgir outra oportunidade,” disse.

Para o treinador dos Tubarões Azuis o futebol africano é hoje igual ao futebol em qualquer parte do mundo e Cabo Verde está em pé de igualdade com qualquer selecção africana.

Lúcio Antunes disse  ainda que não se opõe a que treinadores estrangeiros treinem equipas africanas. Antunes comentava declarações do treinador da selecção da Nigéria segundo o qual se deveria apostar mais em treinadores africanos.

“Claro que estou contente por pertencer ao lote de treinadores africanos mas penso que treinadores estrangeiros, alguns deles, trazem coisas boas ao futebol africano,” disse

“Penso que temos que ver isso no âmbito da competência pois se há um treinador estrangeiro com competência, porque não?” acrescentou.
O forúm foi encerrado
Comentários
     
Năo existem comentários. Seja o primeiro

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Qui 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sexta-feira 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Manchetes Africanas 17 Dezembro 2014i
|| 0:00:00
...  
🔇
X
17.12.2014 19:09
As imagens das noticias de Africa
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 17 Dezembro 2014

As imagens das noticias de Africa
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 12 Dezembro 2014

As imagens das noticias africanas
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 9 Dezembro 2014

A actualidade africana em apenas 60 segundos
Vídeo

Vídeo Manchetes Americanas 9 Dezembro 2014

Lebron James juntou-se ao protesto "I can't breathe" (Não consigo respirar), antes de um jogo com uma audiência real: o Príncipe William da Inglaterra e a duquesa de Cambridge, Kate Middleton
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 8 Dezembro 2014

As notícias que marcam a actualidade do continente africano, em apenas 60 segundos
Mais Vídeos