quarta-feira, 22 outubro, 2014. 12:12 UTC

Notícias / Angola

"Invasão"estrangeira no Kwanza Sul

Vendedores ambulantes vindos de vários paises africanos tomam conta dos mercados informais

Panorama da cidade de Sumbe na província de Kwanza-Sul
Panorama da cidade de Sumbe na província de Kwanza-Sul
Fernando Caetano
A província do Kwanza-Sul está a registar um influxo enorme de estrangeiros vindos de diversos países africanos.




Ultimamente, as cidades do Sumbe, Porto-Amboím, Gabela, Kibala, Waku-Kungo e vilas de Calulo e Seles têm registado uma “invasão” dos mercados informais por cidadãos do Congo Democrático, Brazzavile, Malí e Senegal.

Jovens pululam pelas ruas com megafones  anunciando a venda de utensílios como relógios, pulseiras, brincos, máquinas para tatuagens enfim de tudo um pouco.

Fonte próxima do comando provincial da polícia local dá-nos conta de que tais indivíduos começaram a surgir na província nos primeiros dias do mês de Janeiro e medidas estão sendo engendradas para se determinar a proveniência e como esses elementos chegaram ao país.

Há quem aponte a falta de fiscalização da costa marítima como o cerne do problema uma vez que o Kwanza-Sul não tem unidade de polícia fronteiriça, mas apenas uma unidade da polícia fiscal sedeada na cidade de Porto-Amboim.

Os Serviços de Migração e Estrangeiros que num trabalho conjunto com os Serviços de Informação e Segurança do Estado têm levado um trabalho de identificação, recolha e repatriamento de estrangeiros ilegais, deparam-se com problemas diversos uma vez que maior parte de estrangeiros estão munidos com bilhetes de identidade angolanos adquiridos em diversos pontos do país com a conivência de muitos angolanos.
O forúm foi encerrado
Comentários
     
Năo existem comentários. Seja o primeiro

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Sexta 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Ébola e os órfãos da Serra Leoai
X
22.10.2014 11:07
Centenas de crianças ficaram órfãos na Serra Leoa devido ao surto do vírus do Ébola, são vítimas do estigma e da rejeição. Os familiares não querem saber deles. A Serra Leoa abriu o primeiro orfanato de vítimas do Ébola no distrito de Kailahun.
Vídeo

Vídeo Ébola e os órfãos da Serra Leoa

Centenas de crianças ficaram órfãos na Serra Leoa devido ao surto do vírus do Ébola, são vítimas do estigma e da rejeição. Os familiares não querem saber deles. A Serra Leoa abriu o primeiro orfanato de vítimas do Ébola no distrito de Kailahun.
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 21 Outubro 2014

As noticias de Africa em imagens
Vídeo

Vídeo Ébola: Um Poema para os Vivos

O filme da Chocolate Moose é uma animação desmistificando o Ébola, explicando a doença através do caso de um menino infectado. A VOA fez a dobragem do vídeo original na voz de Mayra de Lassalette. Saiba mais no link http://tinyurl.com/l7vgtjv
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 17 Outubro 2014

As noticias de Africa em video
Vídeo

Vídeo Nascimentos na Libéria em tempos de Ébola

O hospital JFK na Libéria tinha encerrado a maternidade, devido ao Ébola, mas urge agora reabrir o serviço que já fez 93 partos desde que voltou a abrir
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 15 Outubro 2014

As noticias de Africa em video
Vídeo

Vídeo Libéria: Os bravos que recolhem os corpos das vítimas de Ébola

Na Monróvia, capital da Libéria, uma jovem não aceitou ir para o hospital quando os técnicos de saúde assim o solicitaram. E a comunidade em que vivia também não. A jovem morreu e muitos da comunidade estão infectados com Ébola e isto já começa a ser uma história comum na Libéria
Vídeo

Vídeo Qual é o significado estratégico de Kobani?

Kobani continua a ser palco de intensos combates entre militantes do grupo Estado Islâmico (ISIS ou ISIL) e forças curdas. Os EUA levaram a cabo mais ataques aéreos. A ONU adverte para o possível massacre de centenas de civis se a cidade cair totalmente nas mãos dos extremistas islâmicos.
Mais Vídeos