quarta-feira, 05 agosto, 2015. 10:25 UTC

Notícias / Angola

Apartamentos da Kilamba começam a ser entregues

Detalhes do processo para aquisição de apartamento

Kilamba Kiaxi, Luanda
Kilamba Kiaxi, Luanda
Coque Mukuta
Os cem primeiros apartamentos do projecto Kilamba começam a ser entregues esta Quarta-feira, enquanto se espera igualmente pelas entregas das primeiras chaves dos projectos Kapari, 44, Cacuaco e Zango.

O processo envolve longas filas e alguma documentação que contudo os administrados dizem será de resolução rápida.

Segundo Paulo Cascão responsável pelo projecto Kilamba o processo é fácil e rápido.
“Nós temos que seguir aquilo que o nosso cliente pediu para fazer,” disse ele.

“O nosso cliente Sonangol Imobiliária pediu para nós pedirmos uma cópia do bilhete de identidade, cartão de contribuinte, a declaração de serviço com o salário compatível para pagar a residência e o recibo do último salário” referiu acrescentando que “depois fazemos uma apreciação e se tudo estiver correcto nós entregamos a casa, não havendo mais nada para fazer”.

Dirigindo-se a um dos projectos com uma cópia do bilhete de identidade, cartão de contribuinte, último recibo salarial e a declaração de serviço com o salário compatível para pagar a residência cujos preços variam entre os 15.000  e os 180.000 mil dólares constam das exigências estipuladas pela Sonangol Imobiliária, a empresa construtora dos projectos.

O acesso àquelas residências pode ser por via de compra a pronto pagamento. Caso se decida a pronto-pagamento não se exige a entrega da declaração de serviço com o salário compatível para pagar a residência nem o último recibo salarial.

Nas modalidades das rendas resolúveis com ou sem capital inicial (conhecida por entrada) o pagamento será feito anualmente até ao mês de Março.

As pessoas com mais de 40 anos que queiram adquirir uma casa destes projectos devem efectuar o pagamento da sua propriedade em 15 anos. Para os potenciais compradores com menos de 40 anos de idade o pagamento pode ser dividido até 20 anos.

Por dia serão entregues 100 casas.

Paulo Cascão disse a Voz da América que além do Kilamba  existem vários projectos acessíveis aos clientes.

“Existem para comercialização 15 mil casas. Existe a cidade do Kilamba Kiaxi, Cacuaco, Capiri, Km 44 e Zango, ou seja existem inúmeros projectos” frisou.

A comprovação dos materiais usados para construção das referidas “cidades” e a não disponibilização do contrato antes do pagamento para se saber as regras porque se regem são algumas questões ainda não respondidas pelos responsáveis dos projectos.
O forúm foi encerrado
Comentário
Comentários
     
por: Miranda de: USA
18.02.2013 15:26
Obrigado Presidente e MPLA. Queremos mais apartamentos, força Angola, de Cabinda ao Cunene!

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Qui 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sexta-feira 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Graça Sanches gostava de ver uma África menos corruptai
X
05.08.2015 10:18
Graça é participante YALI 2015, veio de Cabo Verde e advoga pela igualdade e equidade de género na esfera política do seu país
Vídeo

Vídeo Graça Sanches gostava de ver uma África menos corrupta

Graça é participante YALI 2015, veio de Cabo Verde e advoga pela igualdade e equidade de género na esfera política do seu país
Vídeo

Vídeo Manuel Jeque Francisco sonha com um Moçambique onde toda a criança tem educação

Manuel Francisco é professor na Beira, em Moçambique. O seu maior sonho é que a educação e a saúde cheguem a todas as crianças moçambicanas. É um dos 500 participantes YALI 2015
Vídeo

Vídeo Passadeira Vermelha #26: 50 Cent falido, ultimo adeus a Bobbi Kristina

Esta semana temos mais tribunais na via! O rapper 50 Cent vai a tribunal mas diz que está tão pobre que as jóias e carros que usa são emprestados e que tem que devolver às lojas depois de tirar a foto básica para postar no Instagram!
Mais Vídeos