quarta-feira, 16 abril, 2014. 04:35 UTC

Notícias / Angola

Huíla com mais de setecentos mil alunos este ano lectivo

Professores dizem que ainda há salários em atraso

Tamanho das letras - +
Teodoro Albano
Mais de setecentos mil alunos dos diferentes níveis de ensino vão colorir as escolas da província da Huíla no ano lectivo de 2013.
Para a assegurar o ano académico a província irá contar com 21 mil professores e seis mil salas de aulas. Os números foram revelados no acto que marcou oficialmente a abertura do ano lectivo na província da Huíla.
O director provincial da educação, Américo Tchicoty,  anunciou ainda que a província já dispõe de manuais de apoio para distribuir gratuitamente as crianças.

“A província recepcionou até finais do ano passado mais de 4 milhões de manuais de diferentes títulos e este material na generalidade já está distribuído em todas as repartições municipais para fazerem chegar as escolas e fazer com que cada aluno tenha um exemplar para trabalhar não só na sala de aula mas também para consulta em casa,” disse

O número de crianças fora do sistema de ensino é desconhecido. As autoridades garantem que há uma diminuição drástica com a construção anualmente de mais salas de aulas.




Acabar com o número de crianças a estudar debaixo de árvores ou mesmo ao ar livre é uma das apostas do executivo que contabiliza mais de 4 mil turmas reconheceu o governador, João Marcelino Tchipingui.

“O governo da província continua envidando esforços para construção de mais escolas com vista a diminuir as turmas que ainda continuam ao ar livre num total de 4.302,” disse.

“E para fazer face ao número crescente fora do sistema de ensino o governo promoveu o concurso público para o sector para o subsistema de ensino primário, primeiro e segundo ciclo do ensino secundário que resultou na admissão de 1.615 novos agentes que entrarão no exercício das suas funções a partir deste ano lectivo,” acrescentou

A abertura do ano lectivo, acontece numa altura em que há descontentamento dos professores devido a dívidas passadas. Esta situação levou os docentes a manifestarem-se no pasadodia 2.

“Ainda há salários em atraso os municípios da Matala, Chicomba, Caconda, Gambos, Quipungo e Caluquembe referentes aos anos de 2003, 2004 e 2007 e ainda duas folhas de salários que não foram pagos nos meses de Maio a julho de 2001,” disse João Francisco secretário provincial do sindicato de professores
O forúm foi encerrado
Comentários
     
Năo existem comentários. Seja o primeiro

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Sexta 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Manchetes Afrcianas 15 de Abrili
|| 0:00:00
...
 
🔇
X
15.04.2014
Vídeo

Vídeo "Temos muitos problemas na Guiné-Bissau", Abel Incada, candidato presidencial

Os guineenses foram às urnas a 13 de Abril e estão expectantes num novo Governo de paz e estável
Vídeo

Vídeo África do Sul vai a votos a 7 de Maio

Na África do Sul, o ANC está em campanha difícil para segurar o seu domínio no Limpopo, onde ganhou 85 por cento dos votos em 2009.
Vídeo

Vídeo Pistorius está no banco dos réus e a acusação tem sido dura

Os acusadores tentaram descrever o atleta sul-africano Oscar Pistorius como egoísta e abusivo durante o segundo dia de interrogatório no seu julgamento por homicídio.
Vídeo

Vídeo A luta dos medicamentos baratos

O Governo da África do Sul vai aprovar reformas sobre propriedade intelectual – incluindo patentes de medicamentos – que para activistas de saúde poderão permitir que mais sul-africanos possam ter acesso a medicamentos genéricos,
Mais Vídeos