terça-feira, 16 setembro, 2014. 11:23 UTC

Notícias / Angola

Angola: Fundos do orçamento vão para clínica privada

Multiperfil vai receber cerca de oito milhões de dólares o que é mais do que alguns hospitais do estado

Coque Mukuta
Mais de oito milhões de dólares vão ser gastos pelo estado angolano num hospital privado em Luanda algo que está a provocar protestos por parte da CASA CE, um dos partidos da oposição no parlamento angolano.




Com efeito o Orçamento Geral do Estado para 2013, tem como, uma das suas despesas a conclusão da obra para Centro Clínico Avançado, Apetrechamento em Equipamentos e Médicos, Construção de Anfiteatro e Reforma Da Unidade De Internamento na Clínica Privada Multiperfil num total de 864.715.267,00kz (oitocentos e sessenta e quatro milhões, setecentos e quinze mil duzentos e sessenta e sete kwanzas) que corresponde a 8.990.310 de dólares.

Lindo Bernardo Tito jurista ligado à CASA-CE, condenou o facto de o executivo dirigido pelo José Eduardo dos Santos dar maior fatia para uma unidade privada em detrimento das unidades hospitalares do estado.

  “Uma Unidade como a Multiperfil que tem todos seus serviços privatizados porque cobra preços não devia depender do Orçamento Geral do Estado (com uma quantia) superior às unidades com as carências que têm como por exemplo as maternidades em Luanda,” disse.

Lindo Bernardo Tito  disse também que a  sua formação política não vai dar o seu voto de confiança a práticas pouco claras que visam açambarcar os fundos públicos
Tito disse que o orçamento não tinha clarificado certos gastos.

“Como não clarificou é difícil a CASA dar o seu voto de confiança a práticas que sou facilitam a apropriação de fundos públicos,” frisou.
O forúm foi encerrado
Comentário
Comentários
     
por: José Armindo de: Luanda
12.02.2013 02:21
Bom trabalho que Casa esta a fazer é que não faz nenhum sentido alocar verba a uma clinica que tem fundos próprios em detrimento do Maria Pia. Vamos lá ser coerentes.

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Sexta 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Prostituição infantil em Nairobii
|| 0:00:00
...
 
🔇
X
13.09.2014 03:03
Na favela de Korogocho, em Nairobi, raparigas com apenas 15 anos de idades dedicam-se à prostituição como meio de ganhar a vida. Elas são o alvo de uma organização não-governamental chamada Iniciativa Miss Koch, que tem realizado o trabalho de resgatar essas menores e com resultados positivos.
Vídeo

Vídeo Prostituição infantil em Nairobi

Na favela de Korogocho, em Nairobi, raparigas com apenas 15 anos de idades dedicam-se à prostituição como meio de ganhar a vida. Elas são o alvo de uma organização não-governamental chamada Iniciativa Miss Koch, que tem realizado o trabalho de resgatar essas menores e com resultados positivos.
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 12 Setembro 2014

As noticias de Africa que fazem manchete
Vídeo

Vídeo Manchetes Americanas 11 setembro 2014

Noticias da America em video
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 10 Setembro 2014

As imagens das noticias de Africa
Vídeo

Vídeo Manchetes americanas 9 Setembro 2014

As notícias da America em vídeo
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 9 Setembro 2014

As notícias de África em vídeo
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 8 Setembro 2014

As imagens noticiosas de Africa
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 5 Setembro 2014

O que faz noticia em Africa
Vídeo

Vídeo Chegada de Dhalakama a Maputo

O presidente de Moçambique Armando Guebuza e o líder da Renamo Afonso Dhlakama subscreveram hoje, 5, os documentos que integram o acordo de paz, assinado na semana passada pelo Governo e pelo principal partido da oposição.
Mais Vídeos