sexta-feira, 01 agosto, 2014. 22:28 UTC

Notícias / Angola

Igrejas saudam luta de libertação mas apelam à reflexão.

Protestantes deixaram de estar restritos, diz Reverendo Frederico Lourenço

Teodoro Albano
— Os protestantes beneficiaram da luta armada de libertação porque ela levou à independencia e à expansão da liberdade religiosa, disse um reverendo de uma igreja protestante na Huíla.

Um prelado da igreja católica saudou tambem a data do 4 de Fevereiro mas exortou à reflexão sobre o que se passa por toda a Angola


O reverendo Frederico José Lourenço num enquadramento histórico, refere que a igreja evangélica em particular, foi uma das que beneficiou do início da luta armada e consequente independência nacional.

“A partir da altura em que Angola se tornou independente estava também aberta a oportunidade da igreja poder melhor se expandir,” disse o reverendo, afirmando que “na altura o colonialismo português não queria a expansão das chamadas igrejas protestantes pelo país”.

A igreja estava limitada a uma circunscrição geográfica, acrescentou.
“Nós temos um país independente e temos uma igreja que é também independente tem essa oportunidade de se expandir,” disse.

O vigário da sé catedral do Lubango, padre Jonas Pacheco, afirma que a dimensão histórica da data é importante, mas o 4 de Fevereiro deve levar os angolanos a reflectir sobre o que estão a fazer pelo país.

O sacerdote católico questiona os métodos, mas refere que o início da luta armada procurou buscar a liberdade do homem defendida pela igreja.

“ Na minha opinião a igreja também com estes acontecimentos ganhou no sentido de que é aquilo que a igreja pretende a valorização do homem o respeito pelos direitos humanos o respeito pela diferença o amor entre as pessoas, os meios do 4 de Fevereiro são discutíveis, mas o seu objectivo o seu sentido é o sentido evangélico, bíblico de um homem criado por Deus, livre,” acrescentou.
O forúm foi encerrado
Comentários
     
Năo existem comentários. Seja o primeiro

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Sexta 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Manchetes Africanas 1 Agosto 2014i
X
01.08.2014 20:33
Os títulos que marcaram o início do mês de Agosto
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 1 Agosto 2014

Os títulos que marcaram o início do mês de Agosto
Vídeo

Vídeo Ivan Collinson - Participante Yali

Ivan Collinson - Participante Yali. Veio de Moçambique e é director adjunto do registo académico da Universidade Eduardo Mondlane. Ivan sente-se mais africano depois de participar na Iniciativa Jovens Líderes Africanos nos EUA
Vídeo

Vídeo Manchetes Americanas 31 Julho 2014

Câmara dos Representantes indicia processo contra Presidente Barack Obama
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 31Julho 2014

Da propagação do vírus do ébola, aos ataques do Boko Haram. Os títulos que marcam a actualidade de África
Vídeo

Vídeo Cadija Mané - Participante Yali

Cadija Mané - Participante Yali. Veio da Guiné-Bissau, onde trabalha como coordenadora da Casa dos Direitos. Regressa para a Guiné com mais determinação e força de vontade para mudar as coisas
Vídeo

Vídeo Vilma Nhambi - Participante Yali

Vilma Nhambi - Participante Yali. Veio de Moçambique e tem um projecto com mulheres e adolescentes nas zonas rurais.
Vídeo

Vídeo Selma Neves - Participante Yali

Selma Neves - Participante Yali, veio de Cabo Verde. É Presidente da Incubadora, uma cooperativa de empoderamento de mulheres e fica por mais dois meses para um estágio em Nova Iorque
Vídeo

Vídeo Manchetes Americanas 29 Julho 2014

Os principais assuntos que fazem a actualidade dos Estados Unidos da América, com Bruna Ladeira
Vídeo

Vídeo Majo Joseph - Participante Yali

Majo Joseph - Participante Yali veio de Moçambique e a sua área de acção é a sociedade civil e seu empoderamento
Vídeo

Vídeo Akiules Neto - Participante Yali

Akiules Neto - Participante Yali. Veio de Angola e a sua vida são os números
Mais Vídeos