segunda-feira, 06 julho, 2015. 15:39 UTC

Notícias / África

Rebeldes e governo da República Centro Africana acordam em governo de unidade

Acordo alcançado com rebeldes a 85 quilómetros da capital

Redacção VOA
Na República Centro Africana o governo e forças rebeldes chegaram a um acordo para formar um governo de coligação.


O acordo foi alcançado em negociações no Gabão. O presidente François Bozize tinha proposto propôs um governo de unidade com a coligação rebelde que avançou para zonas próximo da capital e que pediram a sua demissão.

O acordo prevê a nomeação de uma primeiro-ministro pela oposição e a realização de eleições legislativas dentro de um ano.

Os rebeldes, conhecidos pelo nome de Seleka, estavam a apenas  85 quilómetros da capital e uma força multinacional africana está agora estacionada entre os rebeldes e as tropas governamentais.

A República Centro Africana tem sido cenário de rebeliões contra o presidente Bozizé desde 2005 e a Seleka afirma que o governo não cumpriu acordos assinados em 2007 e 2008.

A Agencia das Nações Unidas para os Refugiados, ACNUR, disse entretanto estar preocupada pelo facto de não ter acesso a dezenas de milhar de refugiados e deslocados da guerra no país.

A ACNUR saudou o cessar-fogo de uma semana mas um porta voz, Adrian Edwards disse que a organização está preocupada com o que poderá acontecer se a luta recomeçar.

“Recebemos informações de milhares de deslocados no norte e leste do país desde que o avanço da Seleka começou há um mês. Pensa-se que cerca de oitocentas mil pessoas viviam nas áreas afectadas. Estamos muito preocupados com a situação dos deslocados, muitos dos quais estão a viver em condições duras e em locais remotos. Estamos também preocupados com as condições de refugiados vindos de outros países como o Sudão do sul, Chade e a República Democrática do Congo,” disse o porta-voz

A ACNUR diz que há cerca de 17 000 refugiados de outros países a viverem na República Centro Africana.
O forúm foi encerrado
Comentários
     
Năo existem comentários. Seja o primeiro

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Qui 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sexta-feira 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
"Crise [económica] que se vive em Angola é artificial", Alcides Sakalai
X
06.07.2015 13:08
Na segunda parte da entrevista à Voz da América, Alcides Sakala acusa o MPLA de ganhar sempre através de fraude. Este dirigente da UNITA afirma também que o dinheiro do Fundo Soberano foi roubado.
Vídeo

Vídeo "Crise [económica] que se vive em Angola é artificial", Alcides Sakala

Na segunda parte da entrevista à Voz da América, Alcides Sakala acusa o MPLA de ganhar sempre através de fraude. Este dirigente da UNITA afirma também que o dinheiro do Fundo Soberano foi roubado.
Vídeo

Vídeo Passadeira Vermelha #22: "Bifes" entre duas cantoras talentosas, Iggy Azalea e Britney Spears!

E para quem não sabe, P Diddy foi aos BET Awards, mas antes tinha sido preso por "andar à porrada" na universidade do filho! 160 mil dólares foi a fiança
Vídeo

Vídeo Manchetes do Mundo 3 de Julho 2015

AS imagens do mundo em noticia
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 3 Julho 2015

As imagens noticiosas de Africa
Vídeo

Vídeo Manchetes do Mundo 1 de Julho 2015

As imagens noticiosa do mundo
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 1 de Julho 2015

ASimagens noticiosas de Africa
Mais Vídeos