quinta-feira, 11 fevereiro, 2016. 21:11 UTC

    Notícias / África e Mundo

    Zimbabwe com eleições à porta e preparativos paralisados

    Primeiro-ministro exortou a comissão eleitoral a iniciar os preparativos; a comissão respondeu que não tem verbas, nem sabe quando as terá.

    Primeiro-ministro do Zimbabwe, e líder do MDC, Morgan Tsvangirai
    Primeiro-ministro do Zimbabwe, e líder do MDC, Morgan Tsvangirai

    Multimédia

    Áudio
    Sebastian Mhofu
    No Zimbabwe aproximam-se as eleições e o recenseamento ainda não começou. Quinta-feira, o Primeiro-ministro exortou a comissão eleitoral a iniciar os preparativos; a comissão respondeu que não tem verbas, nem sabe quando as terá. É mais um duelo delicado entre Robert Mugabe e o governo, chefiado pela oposição ao

    Os preparativos para as eleições no Zimbabwe, que chegaram a estar previstas para o fim de Março, ainda não começaram. O Primeiro-ministro, Morgan Tsvangirai, convocou a Comissão Eleitoral e os ministros da Justiça, Finanças e Interior para os exortar a iniciar os trabalhos de preparação.

    Após duas horas de reunião o porta-voz do Primeiro-ministro, William Bango, disse que estava tudo a postos para o trabalho começar. “Todos os principais assuntos foram resolvidos. E o recenseamento pode começar a qualquer instante. A Comissão Eleitoral do Zimbabwe está em controle pleno do processo. Esta é uma operação que eles são constitucionalmente supostos levar a cabo”, disse Bango

    Mas Joyce Kazembe, presidente da Comissão, disse aos jornalistas após o encontro que continua à espera das verbas para organizar as eleições. Diz que são precisos 200 milhões de dólares para as eleições e o referendo à nova constituição.

    “O orçamento foi aprovado há muito tempo, sublinha, continuando: "Continuamos à espera que a verba seja libertada. Queremos fazer educação cívica, que devia ter começado no dia 3 de Janeiro. Prometeram-nos que o dinheiro chegaria em breve. E breve quer dizer que pode ser hoje (quinta-feira) ou amanhã”.

    O partido ZANU-PF, do presidente Mugabe, quer realizar eleições o mais depressa possível para assim por termo a quatro anos de difícil coligação forçada com o partido do Primeiro-ministro Tsvangirai, MDC.

    As eleições estão atrasadas, em parte, por causa de um impasse sobre a nova constituição. A SADC insiste que deve haver uma nova constituição antes das eleições, mas o ZANU-PF e o MDC estão paralisados nas negociações, devido a uma cláusula que prevê a diminuição dos poderes do presidente.

    E se e quando os dois partidos chegarem a acordo, a nova constituição tem que ser aprovada num referendo antes que se possam realizar as eleições.

    Um relatório da organização de defesa dos direitos humanos Human Rights Watch, diz que, para além da constituição, o Zimbabwe precisa de revogar, ou emendar, leis repressivas para assegurar a credibilidade das eleições.

    As últimas eleições, em 2008, foram marcadas por violência, quase toda ele resultante de ataques e agressões do ZANU-PF contra elementos do MDC.
    O forúm foi encerrado
    Comentários
         
    Năo existem comentários. Seja o primeiro

    Siga-nos

    Rádio

    AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

    Sexta 16:30 - 17:30 UTC
     

    AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

    Seg-Qui 17:00 - 18:30 UTC
     

    AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

    Sexta-feira 17:30 UTC
     

    AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

    Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

    Os Nossos Vídeos

    Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
    Manchetes americanas 11 de Fevereiro 2016i
    X
    11.02.2016 19:58
    Chris Christie e Carly Fiorina desistem da corrida
    Vídeo

    Vídeo Manchetes americanas 11 de Fevereiro 2016

    Chris Christie e Carly Fiorina desistem da corrida
    Vídeo

    Vídeo Manchetes Americanas 9 de Fevereiro 2016

    Bernie Sanders continua a "dar luta" a Hillary Clinton mas nada está decidido! Já Donald Trump começa a deixar os seus assessores com os nervos a flor da pele
    Vídeo

    Vídeo Passadeira Vermelha #52: Adele, Trump, Kanye West, Will Smith, Jay Z e Akon!

    Adele não quer que Trump use as suas músicas em campanha. Afinal qual é a opinião de Will Smith sobre controvérsia dos Oscars? Kanye West alugou a maior arena de basquetebol de Nova Iorque! Jay-z processado por 18 milhões E a VOA recebeu um verdadeiro VIP esta semana!
    Mais Vídeos