quarta-feira, 22 outubro, 2014. 12:12 UTC

Notícias / Angola

Consumo de bebibas alcoólicas em Angola é preocupante, dizem peritos

Maior parte de crimes cometidos por pessoas intoxicadas

José Manuel
Oitenta e cinco porcento dos angolanos precisam de acompanhamento psicológico, por causa do consumo excessivo de bebidas alcoólicas, defende o psicólogo social Carlinhos Zassala.




O especialista pensa ser urgente a tomada de uma posição extrema por parte do executivo, para se inverter este estado de coisas.

As razões para o alto consumo são várias e vão desde a falta de emprego à pressão social quando se sai com amigos

A situação 'e tão grave que ninguém deve ficar indiferente ao assunto adverte a jornalista Suzana Mendes.

“É uma questão que deve preocupar todo angolano, o nível de consumo de bebidas alcoólicas em todo país 'e cada vez maior,” disse.

A jornalista considera ainda que o baixo custo que das bebidas alcoolicas funcionam é umincentivo ao seu consumo.

“Uma cerveja continua a ser mais barata do que um quilo de arroz,” disse.
“O álcool acaba por ser mais barato que o pão que tem que se comprar para toda a família,” acrescentou.

A jurista Ana Paula Godinho associa o consumo de bebidas alcoólicas ao aumento “Na maior parte dos crimes cometidos hoje em Angola os executores estão alcoolizados ou drogados,” disse a jurista que advogou um programa pra incentivar o consumo de bebidas não alcoólicas, como o leite, entre os jovens
O forúm foi encerrado
Comentário
Comentários
     
por: Anónimo
11.01.2013 13:14
FOI ASSIM Q O COLONO PORTUGUES CONSEGUIU ENFRAQUECER A MENTALIDADE DE SULANOS E MALANGINHOS MENOS OS BAKONGOS Q RESISTIRAM CONTRA AS MANOBRAS DE IMBECILES COMO PORTUGUESES E AGORA O MPLA COM A MESMA TRAJECTORIA DE SUBMETER O POVO COM A FORCA DO ALCOL


por: anonimo de: luanda
10.01.2013 18:53
onde e k esta o ministerio da juventude e desporto, qual o seu papel.nao passa de uma figura decorativa. onde e k esta a jmpla k diz defender a juventude

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Sexta 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Ébola e os órfãos da Serra Leoai
X
22.10.2014 11:07
Centenas de crianças ficaram órfãos na Serra Leoa devido ao surto do vírus do Ébola, são vítimas do estigma e da rejeição. Os familiares não querem saber deles. A Serra Leoa abriu o primeiro orfanato de vítimas do Ébola no distrito de Kailahun.
Vídeo

Vídeo Ébola e os órfãos da Serra Leoa

Centenas de crianças ficaram órfãos na Serra Leoa devido ao surto do vírus do Ébola, são vítimas do estigma e da rejeição. Os familiares não querem saber deles. A Serra Leoa abriu o primeiro orfanato de vítimas do Ébola no distrito de Kailahun.
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 21 Outubro 2014

As noticias de Africa em imagens
Vídeo

Vídeo Ébola: Um Poema para os Vivos

O filme da Chocolate Moose é uma animação desmistificando o Ébola, explicando a doença através do caso de um menino infectado. A VOA fez a dobragem do vídeo original na voz de Mayra de Lassalette. Saiba mais no link http://tinyurl.com/l7vgtjv
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 17 Outubro 2014

As noticias de Africa em video
Vídeo

Vídeo Nascimentos na Libéria em tempos de Ébola

O hospital JFK na Libéria tinha encerrado a maternidade, devido ao Ébola, mas urge agora reabrir o serviço que já fez 93 partos desde que voltou a abrir
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 15 Outubro 2014

As noticias de Africa em video
Vídeo

Vídeo Libéria: Os bravos que recolhem os corpos das vítimas de Ébola

Na Monróvia, capital da Libéria, uma jovem não aceitou ir para o hospital quando os técnicos de saúde assim o solicitaram. E a comunidade em que vivia também não. A jovem morreu e muitos da comunidade estão infectados com Ébola e isto já começa a ser uma história comum na Libéria
Vídeo

Vídeo Qual é o significado estratégico de Kobani?

Kobani continua a ser palco de intensos combates entre militantes do grupo Estado Islâmico (ISIS ou ISIL) e forças curdas. Os EUA levaram a cabo mais ataques aéreos. A ONU adverte para o possível massacre de centenas de civis se a cidade cair totalmente nas mãos dos extremistas islâmicos.
Mais Vídeos