sexta-feira, 31 outubro, 2014. 14:10 UTC

Moçambique

Primeiro rapto de 2013 em Nampula custou dois milhões de meticais

Depois de intensas negociações, na madrugada desta sexta-feira, a vítima, de origem paquistanesa e esposa do empresário Mohamed Iquibal, viria a ser libertada

 Aspecto da cidade de Nampula
Aspecto da cidade de Nampula
Faizal Ibramugy
Começou o ano de 2013 e começaram, também, os raptos na província moçambicana de Nampula. O primeiro caso registou-se ontem à noite numas das principais avenidas na urbe.

A vítima foi Sumaia Haja, de 31 anos de idade, de origem paquistanesa e esposa do empresário Mohamed Iquibal, proprietário da pastelaria Oásis.

Segundo informou a polícia, o rapto deu-se por volta das 20h15 minutos, altura em que Sumaia, gerente da pastelaria, saía deste local em direcção a sua viatura que se encontrava estacionada junto a Av. Paulo Samuel Kamkomba, munida da receita diária – cerca de 60 mil meticais.

Geralmente, segundo o porta-voz da polícia, Inácio João Dina, no percurso entre a pastelaria e a viatura Sumaia é acompanhada por dois guardas privados “mas, estranhamente, ontem o percurso teria sido feito pela vítima sozinha”.

Três indivíduos apareceram na sua frente, munidos de uma arma de fogo, e raptaram-na.

Na ocasião, os dois agentes da segurança privada no local não comunicaram o incidente à polícia. Quem comunicou com a corporação foi um particular que assistiu ao rapto. Porém, naquela altura, os raptores já haviam entrado em contacto com a família de Sumaia Haja, a condicionar a libertação da esposa do empresário ao pagamento de 10 milhões de meticais.


mediante o pagamento de dois milhões de meticais, mais os 60 mil de receita em posse da vítima.

A polícia diz que a família da vítima não colaborou com as autoridades, e fez os pagamentos aos raptores sem a presença de agentes da ordem.

Entretanto, as equipas de investigação criminal já estão no terreno e os dois agentes da segurança privada que assistiram ao rapto estão detidos, enquanto prosseguem as buscas para localizar os raptores. Inácio João Dina diz que a polícia de Nampula já tem pistas suficientes para esclarecer o caso o mais rapidamente possível.
O forúm foi encerrado
Comentários
     
Năo existem comentários. Seja o primeiro

Galeria de fotos Em Moçambique ganha a abstenção - Veja os resultados por província

Os dados fornecidos pelo CIP revelam que dos perto de 11 mil eleitores, apenas quatro mil votaram em Moçambique


Galeria de fotos Moçambique – Eleições 2014 Dhlakama, Nyusi e Simango

Resultados provisórios Dhlakama e Nyusi votaram em Maputo. Daviz Simango votou na Beira


Galeria de fotos Galeria de fotos do ouvinte Eleições Moçambique

Fotos enviadas pelos ouvintes da VOA que nos acompanham pelo WhatsApp +1 908 652 4584



Manifesto Eleitoral do MDM

Manifesto Eleitoral da RENAMO

Manifesto Eleitoral da FRELIMO