sexta-feira, 04 setembro, 2015. 16:32 UTC

Notícias / Angola

Satélite angolano vai custar mais de 400 milhões de dólares

Rússia vai ter controlo enquanto Angola treina quadros

Arão Ndipa
Um satélite angolano a ser lançado para o espaço dentro de três anos vai custar pouco mais de 400 milhões de dólares .



As autoridades consideram o investimento como algo que vai mais do que compensar o país mas alguns especialistas questionam como vai ser garantida a manutenção do referido satélite, por causa da escassez de mão-de-obra nacional.

O coordenador do projecto Alcides Safeca disse contudo que quadros estão já a ser formados na Rússa e o docente universitário Carlos Baptista considerou que as universidades angolanas vão ter que se concentrar na formação de especialistas do ramo.

Quando se entra neste campo não se pode desistir, disse o docente.

A construção do satélite está a cargo de um consórcio russo liderado por uma multinacional de larga experiência na produção de satélites e foguetões em diversos programas internacionais.

O satélite tem um período de vida de 15 anos e vai fornecer serviços de suporte às telecomunicações electrónicas incluindo a prestação de serviços em banda larga e de televisão.

O projecto, “de iniciativa presidencial”, prevê a construção de duas estações uma na Rússia e outra em Angola. Isto via permitir uma intervenção russa no controlo e comando do satélite sempre que se mostre necessário enquanto angola cria autonomia neste domínio.

Carlos Baptista fez notar os benefícios que vão ser adquiridos pelo aumento da capacidade de acesso por todos a serviços que fazem uso da tecnologia de informação.


Ouça a reportagem com entrevista com o engenheiro Alcides Safeca, coordenador do projecto e o docente universitário, Carlos Baptista.
O forúm foi encerrado
Comentário
Comentários
     
por: inominado de: angola
31.12.2012 12:17
A carroça a frente dos burros...


por: inominado de: angola
31.12.2012 12:17
A carroça a frente dos burros...


por: Qlc de: PFR
31.12.2012 00:26
Enquanto isso, muitos angolanos morreram de fome....


por: ndombele
30.12.2012 16:08
este satélites vais ser militar o civil,aqueles universitarios esta a falar par por o dinheiro nos bolsos dele o como.
porque coisa precisam as explicacâo.poxou perguntar se os angalanos que nâo internet.andas a seguir a conversa de tal didos satélité,antes de fazer o satelité tenho que a resolver a fome que cevisse em bié,huambo é quaz todas angolanos que sobre de fome.o problêmas da satelité têm quem ser tratado a 20anos.boa comprenhensâo.a VITORIA E CERTA


por: A Miranda de: EUA
29.12.2012 17:03
Boa iniciativa! Força Angola.

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Qui 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sexta-feira 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Manchetes Mundo 3 Setembro 2015i
X
03.09.2015 15:18
Vídeo

Vídeo Diário de um YALI (III): Joel Almeida perdido em Nova Iorque

Desafiámos o Joel a contar-nos os seus dias e cada dia que passa é uma aventura. Perder-se em Nova Iorque tem sido uma constante. O Joel está na cidade da grande maçã para um estágio de 2 meses dentro do programa Young African Leaders Initiave, criado por Barack Obama
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 1 Setembro 2015

Milahres dançam no festival tradicional suazi
Vídeo

Vídeo Manchetes americanas 1 Setembro 2015

Ben Carson, um novo Obama?
Vídeo

Vídeo Diário de um YALI (II): Joel Almeida e a visita à Estátua da Liberdade

Esta é a 2ª partilha de Joel e como seria de esperar Nova Iorque não é um lugar fácil. A ida à estátua da Liberdade provou ao Joel que um GPS pode ser tudo na vida.
Mais Vídeos