sábado, 02 agosto, 2014. 02:26 UTC

Notícias / África

Egipto: Oposição vai protestar resultados de referendo constitucional

Apenas 32% dos eleitores votaram mas mais de 60% dos votantes terão aprovado a nova constituição elaborada por islamitas

Contando os votos
Contando os votos
Redacção VOA
No Egipto a coligação liberal da oposição diz que vai por em causa o referendo sobre uma constituição apoiada pelos islamitas que parece ter ganho a aprovação da maioria.

A votação em duas etapas foi marcada por baixa afluência e acusações de fraude generalizada.

Falando Domingo,  membros da Frente de Salvação Nacional da oposição disseram que planeiam apresentar queixas contra irregularidades depois dos resultados oficiais do referendo serem anunciados, o que provavelmente vai ocorrer amanhã.

O processo do referendo terminou ontem com a votação em 17 das 27 províncias do Egipto.

O processo tinha-se iniciado no dia 15 de Dezembro com a votação em 10 províncias.

A Irmandade Muçulmana do presidente Mohamed Morsi disse  que resultados não oficiais indicam que a nova constituição teve o apoio de 64% dos votantes nas duas rondas de votação. Na votação de Sábado 71%  tinham votado a favor.

A Irmandade Muçulmana disse que a afluência às urnas foi de 32% o que a oposição diz indicar que não há um mandato popular para a constituição que foi elaborada por uma assembleia dominada pelos islamitas.

Se a Comissão Eleitoral confirmar os resultados, eleições para uma nova câmara baixa do parlamento serão realizadas dentro de dois meses.
O forúm foi encerrado
Comentários
     
Năo existem comentários. Seja o primeiro

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Sexta 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Manchetes Africanas 1 Agosto 2014i
X
01.08.2014 20:33
Os títulos que marcaram o início do mês de Agosto
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 1 Agosto 2014

Os títulos que marcaram o início do mês de Agosto
Vídeo

Vídeo Ivan Collinson - Participante Yali

Ivan Collinson - Participante Yali. Veio de Moçambique e é director adjunto do registo académico da Universidade Eduardo Mondlane. Ivan sente-se mais africano depois de participar na Iniciativa Jovens Líderes Africanos nos EUA
Vídeo

Vídeo Manchetes Americanas 31 Julho 2014

Câmara dos Representantes indicia processo contra Presidente Barack Obama
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 31Julho 2014

Da propagação do vírus do ébola, aos ataques do Boko Haram. Os títulos que marcam a actualidade de África
Vídeo

Vídeo Cadija Mané - Participante Yali

Cadija Mané - Participante Yali. Veio da Guiné-Bissau, onde trabalha como coordenadora da Casa dos Direitos. Regressa para a Guiné com mais determinação e força de vontade para mudar as coisas
Vídeo

Vídeo Vilma Nhambi - Participante Yali

Vilma Nhambi - Participante Yali. Veio de Moçambique e tem um projecto com mulheres e adolescentes nas zonas rurais.
Vídeo

Vídeo Selma Neves - Participante Yali

Selma Neves - Participante Yali, veio de Cabo Verde. É Presidente da Incubadora, uma cooperativa de empoderamento de mulheres e fica por mais dois meses para um estágio em Nova Iorque
Vídeo

Vídeo Manchetes Americanas 29 Julho 2014

Os principais assuntos que fazem a actualidade dos Estados Unidos da América, com Bruna Ladeira
Vídeo

Vídeo Majo Joseph - Participante Yali

Majo Joseph - Participante Yali veio de Moçambique e a sua área de acção é a sociedade civil e seu empoderamento
Vídeo

Vídeo Akiules Neto - Participante Yali

Akiules Neto - Participante Yali. Veio de Angola e a sua vida são os números
Mais Vídeos