quinta-feira, 03 setembro, 2015. 12:52 UTC

Notícias / África e Mundo

Inviabilizada discussão de moção de censura ao governo de São Tomé

O governo não foi convocado para o debate parlamentar e os 26 deputados do partido que apoia o executivo decidiram abandonar todas as atividades da Assembleia Nacional

Evaristo de Carvalho ex-presidente da Assembleia NacionalEvaristo de Carvalho ex-presidente da Assembleia Nacional
x
Evaristo de Carvalho ex-presidente da Assembleia Nacional
Evaristo de Carvalho ex-presidente da Assembleia Nacional
Óscar Medeiros
Com o pedido de demissão do presidente da Assembleia Nacional o debate parlamentar que deveria discutir esta terça-feira a moção de censura ao governo de Patrice Trovoada caiu por terra.

Perante a crise instalada no parlamento o governo não foi convocado para o debate parlamentar e os 26 deputados do partido que apoia o executivo decidiram abandonar todas as atividades da Assembleia Nacional.


Com o caldo entornado os restantes deputados das bancadas da oposição.

Pretendem reunir esta quarta-feira o plenário da Assembleia Nacional para proceder a eleição do novo presidente e discutir a moção de censura ao governo de Patrice Trovoada, mas os representes do partido do governo no parlamento falam de inconstitucionalidade alegando o não funcionamento da mesa da Assembleia Nacional e ameaçam levar a questão para um tribunal administrativo. Para a ADI perante a crise instalada no parlamento a única saída é eleições legislativas antecipadas.
Numa convocatória subscrita por 28 deputados a Assembleia Nacional, os serviços de apoio ao plenário e demais serviços da Assembleia Nacional, foram orientados a preparar a reunião plenária da Assembleia Nacional que terá lugar no dia 28 de Novembro quarta – feira.

Segundo a convocatória, a sessão plenária servirá para a eleição do novo Presidente da Assembleia Nacional, e no segundo ponto destaca-se o debate da Moção de Censura do XIV Governo Constitucional.

Os serviços da Assembleia Nacional foram orientados a comunicar o Governo sobre a alteração do dia do debate sobre a Moção de Censura, ou seja, de terça-feira para quarta-feira.

O documento subscrito por 28 deputados a Assembleia Nacional, diz que tal procedimento é sustentado pelo artigo 26 do regimento da Assembleia Nacional, que é «um órgão colegial, onde o Presidente é eleito dentre os seus pares e havendo a imperiosa necessidade de se proceder à eleição de um novo Presidente e discutir a Moção de Censura apresentada no dia 21 do corrente por um grupo de deputados, nos termos dos artigos 225 e seguintes em articulação com o artigo 70, ambos do regimento da Assembleia Nacional».Demissão de Evaristo Carvalho agudiza a crise no parlamento São-tomense
O forúm foi encerrado
Comentários
     
Năo existem comentários. Seja o primeiro

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Qui 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sexta-feira 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Manchetes Mundo 2 Setembro 2015i
X
02.09.2015 17:56
Vídeo

Vídeo Diário de um YALI (III): Joel Almeida perdido em Nova Iorque

Desafiámos o Joel a contar-nos os seus dias e cada dia que passa é uma aventura. Perder-se em Nova Iorque tem sido uma constante. O Joel está na cidade da grande maçã para um estágio de 2 meses dentro do programa Young African Leaders Initiave, criado por Barack Obama
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 1 Setembro 2015

Milahres dançam no festival tradicional suazi
Vídeo

Vídeo Manchetes americanas 1 Setembro 2015

Ben Carson, um novo Obama?
Vídeo

Vídeo Diário de um YALI (II): Joel Almeida e a visita à Estátua da Liberdade

Esta é a 2ª partilha de Joel e como seria de esperar Nova Iorque não é um lugar fácil. A ida à estátua da Liberdade provou ao Joel que um GPS pode ser tudo na vida.
Vídeo

Vídeo Diário de um YALI (I): Joel Almeida e a primeira aventura em Nova Iorque

Joel Almeida, de Cabo Verde, é designer de jogos e tem uma start-up. Participou no programa YALI por 6 semanas e dentro da mesma iniciativa está entre os 100 escolhidos para fazerem um estágio nos Estados Unidos durante 2 meses. Joel está em Nova Iorque e aceitou o desafio de nos contar os seus dias
Mais Vídeos