sexta-feira, 31 julho, 2015. 13:23 UTC

Programas Especiais / Angola Fala Só

ANGOLA FALA SÓ - Ngola Kabango: "Estou a revitalizar a FNLA para o futuro"

O ex-Presidente da FNLA, Ngola Kabango, disse hoje que está a "revitalizar" o partido para o futuro.

Respondendo aos ouvintes da Voz da América, no programa Angola Fala Só, Kabango disse: "Estou a revitalizar a FNLA e vou trabalhar com todos para nos reafirmarmos como um partido actuante na vida política de Angola".

Questionado sobre a forma como vai revitalizar a FNLA, Kabango disse que "terá que haver um novo congresso".

Afirmando que "ainda não digo nada" sobre uma eventual candidatura à presidência do partido, sublinhou que último Congresso foi em 2011 e, estatutariamente, há congressos de quatro em quatro anos".

A respeito do actual presidente da FNLA, Lucas Ngonda, que o substituiu por decisão judicial, Ngola Kabango descreveu-o como "um homem sem palavra".

"Não é de estranhar" que haja problemas entre Ngonda e o partido, disse Kabango, sustentando que "a FNLA que se colocou no parlamemnto não é legítima nem histórica".

Condenou as eleições de 31 de Agosto, que "não foram bem organizadas, não foram transparentes e não podiam produzir resultados transparentes", e mostrou-se crítico do governo e do MPLA pois "fizemos três eleições e continuamos a patinar".

Teve, ainda, palavras críticas para a má gestão da cooperação com a China, adfirmando que o estado devia ter fixado quotas de mão-de-obra angolana nos projectos chineses.

"Não temos nada contra nenhum estrangeiro", disse, "mas numa cooperação transparente cada um tem a sua parte".

"Não compreendemos que os chineses venham para o nosso país até para varrer ruas e abrir valas. Temos muito desemprego em Angola", afirmou Ngola Kabango notando que não é precisa mão de obra chinesa não qualificada no país.

Insistiu, ainda, para que o Governo diga onde está a sepultura de Jonas Savimbi, argumentando que devido ao segredo em volta do assunto, "a dúvida sobre a morte de Savimbi é pertinente".

Clique no link abaixo para ouvir Fala Só com Ngola Kabango.

Clique aqui para ouvir todos os programas Angola Fala Só.
O forúm foi encerrado
Comentário
Comentários
     
por: joaoa antonio de: lobito
05.12.2012 14:31
sobre as eleicoes os grandes culpados foram os responsaveis dos partidos da oposixcao porque estiveram a margem do registo por isso so participaram no carnaval com palco montado e grupo vencedor qantecipado ,mais velho o prejuizom e enorme e equivale a um milenio a andar para tras , quem viver vera e sabera
que deve ter se muito cuidado com os ratos da cidade,pergunte ao rato gonsalez e obrigado


por: Massacrado de: EUA
03.12.2012 18:03
Vao deixar de massacrar e fuzilar os civis como fizeram aquando a guerra civil? A FNLA devia renunciar e seria melhor para apagar a triste historia Angolana.


por: Prof.Kiluange de: New York City-Manhattan
24.11.2012 06:32
Esse grupo de esquadrão da morte também é responsável pelo assassinato de Ricardo de Mello, Mfulupinga Lando Victor, etc., raptos de cidadãos indefesos (Alves Kamulingue e Isaías Cassule,etc., muito recentemente) e onda de repressão contra a oposição. O governo de José Eduardo dos Santos tem até dia 17 de Dezembro para provar que existe o corpo do Dr. Jonas Malheiro Savimbi, se possível através do “teste do DNA”.

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Qui 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sexta-feira 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Manchetes Americanas 30 de Julho 2015i
|| 0:00:00
...  
🔇
X
30.07.2015 18:51
Vídeo

Vídeo Amy Winehouse - o filme

No documentário, Amy, o realizador Asif Kapadia conta a história do nascimento e queda da super estrela do jazz Amy Winehouse. Usando filmes caseiros feitos por amigos e produtores de Amy, concertos, entrevistas públicas e sessões de gravações, Kapadia criou um retrato fantástico da cantora
Vídeo

Vídeo Sudão: música salva pessoas da morte

Em 2012 o realizador sudanês Hajooj Kuka realizou um documentário entre os refugiados da Guerra civil no Nilo Azul, Sudão, e na região montanhosa de Nuba. E surpreendeu-se com o que ali viu – a música estava a ajudar a salvar pessoas que estavam a ser alvo de ataques aéreos do seu próprio governo
Mais Vídeos