sábado, 30 maio, 2015. 22:29 UTC

Moçambique

"Os Dias em Tete" - ensaio fotográfico de Ana Roque de Oliveira

Fotógrafa publica album de retratos da província Moçambicana onde viveu e trabalhou, de 2009 a 2012

"Os Dias em Tete" de Ana Roque de Oliveira
Ana Guedes
Ana Roque de Oliveira nasceu em Lisboa. É engenheira do Ambiente e uma apaixonada da fotografia. Paixão que já é de anos.

Visitou vários países em pelo menos três continentes e por lá tirou milhares de fotografias. Um dos países onde o fez foi Moçambique, quando de férias percorreu aquele país e quando trabalhou em Tete.

Depois de já ter exposto “Rostos de Moçambique” Ana Roque de Oliveira publica agora “Os Dias em Tete” uma selecção de fotografias (e de missivas que enviava) do e no tempo que trabalhou naquela província moçambicana, entre 2009 e 2012.

E é na pele da fotógrafa autodidacta que a Ana Guedes conversou com Ana Roque de Oliveira, sobre “Os Dias em Tete.”

Ouça a entrevista no link abaixo:

Clique aqui para ver a apresentação do livro


Ana Roque de Oliveira - autora de Ana Roque de Oliveira - autora de "Os Dias em Tete"
x
Ana Roque de Oliveira - autora de
Ana Roque de Oliveira - autora de "Os Dias em Tete"
O forúm foi encerrado
Comentário
Comentários
     
por: Camir Cassimo Giva de: Tete
26.11.2012 09:08
Ana, os meus parabéns por ter alcançado umas das suas metas.
A felicidade que temos cá em Tete em saber que uma mulher como ANA que inspira várias pessoas em momentos.
Mulher sábia, mulher pujante, mulher inteligente, mulher forte e madura assim como posso a descrever.
Tenho a certeza que este livro não so reflete os seus dias aqui em Tete, mas também e principalmente dá a oportunidade ao mundo de conhecer o "Tete Real" e com grande orgulho que digo foi e sempre será uma honra trabalhar com ANA. è uma boa oportunidade única de aprender a vida e olhar os desafios de maneira diferente e inspiradora.


SAO GENTES DE MIL CORES - ANA TEM ESSAS CORES DENTRO DO SEU CORAÇÃO GRANDE...ELA CONTEMPLA TUDO QUE GOSTA.

ANA MUITA FORÇA QUE A LIBERDADE EXPRESSA NAS FOTOGRAFIAS SEJA CONTÍNUA.

RECONHECEMOS O TEU ESFORÇO E PELO POUCO QUE JA VIMOS NO LIVRO


por: Maria e Fernando Pascoa de: Barreiro
23.11.2012 14:09
Querida Amiga Ana Roque.
Foi com imenso carinho que a conhecemos.
Com redrovável Alegria que recebemos o Convite. Estaremos lá no Lançamento deste seu Lindíssimo Livro, Através de Si, vamos refazendo, história da nossa história mais recente (Também gosto de alguns Pleonasmos)
Com Carinho.
Maria e Fernando


por: Nico Savaio de: Tete-Moçambique
22.11.2012 11:01
Aló VOA,

Permitam-me em primeiro lugar,endereçar a minha saudação especial à Ana Roque (amiga e ex-colega de trabalho), por esta iniciativa!
Nós os moçambicanos, sentimo-nos bastante orgulhosos pelo lançamento deste livro, que na minha opinião ilustra a riqueza sócio-cultural que este maravilhoso país possui.

Parabéns Ana!
Nico Savaio
Tete-Moçambique

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Qui 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sexta-feira 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Passadeira Vermelha #17: Sylvester Stallone em Bollywood e Johnny Depp preso por ter cãoi
X
30.05.2015 07:11
Emily Blunt "cascou" no festival de Cannes e saiba porquê que J Depp pode ser preso por 10 anos. Sylvester Stallone também tem novidades para nós. Confira o vídeo!
Vídeo

Vídeo Passadeira Vermelha #17: Sylvester Stallone em Bollywood e Johnny Depp preso por ter cão

Emily Blunt "cascou" no festival de Cannes e saiba porquê que J Depp pode ser preso por 10 anos. Sylvester Stallone também tem novidades para nós. Confira o vídeo!
Vídeo

Vídeo Sakala: "Huambo é caso para tribunal internacional; Cabinda devia ser região autónoma"

Alcides Sakala, porta-voz da UNITA, principal partido da oposição em Angola, fala do caso Kalupeteka (dezenas de pessoas morreram de forma misteriosa), considerando-o o ponto mais alto das violações dos direitos humanos. Cabinda por seu lado devia ser autónoma como a Madeira. Entrevista a 22 de Maio
Vídeo

Vídeo Protestos em Bujumbura

O ambiente em Bujumbura continua sob muita tensao. Hoje foi dia de protestos na capital do Burundi
Mais Vídeos