terça-feira, 02 setembro, 2014. 18:51 UTC

Notícias / Angola Fala Só

ANGOLA FALA SÓ - Makuta Nkondo: "Deputados da UNITA não vão recusar Jaguar"

Os deputados da UNITA não vão recusar os automóveis de luxo Jaguar que a Assembleia Nacional disponibiliza aos paralementares desta legislatura - disse o activista Makuta Nkondo.

Respondendo aos ouvintes da Voz da América, no programa Angola Fala Só, Nkondo disse que para todos os deputados, incluindo os da oposição, "o parlamento é uma empresa" e "fazem festas quando são eleitos".

"Os deputados da UNITA também vão receber as viaturas", disse Nkondo. Isaías Samakuva disse ter orientado o seu grupo parlamentar no sentido de persuadir a Assembleia Nacional a não dar um Jaguar a cada deputado - mas não disse se os deputados da UNITA os rejeitariam se os do MPLA os aceitassem.

Cada viatura, segundo o Novo Jornal custou 270 mil dólares ao estado angolano.

"A oposição é uma aberração", disse o activista, que em tempos foi deputado independente pela UNITA e assessor de Samakuva. "A oposição é débil, venal e incoerente", pois afirma não reconhecer a eleição de José Eduardo dos Santos, mas na maneira como se comporta, reconhece-o como Presidente.

Salientou, por outro lado, que "a UNITA fala em mudança, mas tem os mesmos deputados que já tinha em 1992".

"Governantes e oposição são sempre os mesmos", sublinhou para notar: "Tenho dúvidas que a UNITA soubesse governar", se fosse vencedora das eleições, acusando os seus dirigentes de considerarem o partido como "uma fonte de enriquecimento".

Clique no link abaixo para ouvir o programa desta semana com Makuta Nkondo.



Clique aqui para ouvir todos os programas.
O forúm foi encerrado
Comentário
Comentários
     
por: José Corvo de: Portugal
07.11.2012 01:38
80% de MPLA é falar só? Não se percebe o que é estar acompanhado.


por: Irmao Kassumba Kakioko de: Angola
04.11.2012 20:27
Os africanos estao falta de visaoes,eles negam da democracia eternizando se no poder como sobas.Os governantes nao governam para melhorar as condicoes sociais dos seus povos,ludibriando os milhares de pecatos de cidadaos africanos.As independencias africanas foram recebidas apenas politicamente nao économicamente ,os africanos continuam sempre nas escravaturas mesmo estes presidentes de Africa sem reflexoes eles continuam ser manipulados pelos europeus,americanos etc etc.Qual é posicao dos africanos para que nesse continente haja os direitos humanos e transparencia na sua económia?Porque que os governantes da África sao dependentes nao decidem nada por si,sem serem oriuntados por outros países europeus.Entao que tipo de independencias temos cá em África.Os africanos devem desmacarar esta bandidagem destes governos.No caso de Angola fala se da democracia mas no seu verdadeiro sentido nao se vé nada.Porque é mesmo irrisório um partido que está no poder 37 anos aplicar a palavra democracia no verdadeiro sentido,o seu presidente denominado JES-33 no poder roubando e matando sem ser julgado,os europeus gostam de trabalhar com governos mafiosos em África.Os terroristas que eles procuram nao sabem verdadeiramente quais sao?Os governos corruptos que eles sustentam sao os próprios que trabalham com os terroristas de Aqaida devido a máfia governamental sobretudo em Angola onde há o regime ditatorial do JES e os seus colaboradores.A visao dos africanos está morta!


por: Anónimo
03.11.2012 18:41
o jose eduardo dos santos e os malanginhos sao vendedores de angola a portugal com uniao europeia , brasil , china , rusia e america . estes todos citados pretendem desta feita fazer de angola o q os portugueses fizeram no brasil com os negros , e substitui-los com os mesclados e depois saquarem as riquezas q lhes interssa. os angolanos so teem uma alternativa defenderem-se usando o kindoki para lhes infligir golpes de mbasso , kiulas no estomago , maladi ma kilau , etc.


por: Paulo Mendes de: Luanda
03.11.2012 11:51
Tenho plena certeza que apartir do momento que receberem os Jaguares ficam presos pela cauda, um Político exemplar, aquele que verdadeiramente foi ao Parlamento para discutir, fiscalizar e opinar, não aceitava. Para mim a história repetir-se-a.


por: baptista feliciano de: luanda
03.11.2012 04:24
Este velho é tão confuso nas suas afirmações a ponto de faltar respeito ao PR,na altura como deputado independente pela bancada da unita,foi escorraçado por falta de ética na qualidade de deputado e proferir palavras insultuosas contra o mais alto magistrado da nação,mesmo não sendo do seu agrado,mais pelo menos deveria respeitar como presidente de todos Angolanos.
Este senhor é tão confusionista e já não sabemos que tipo de personalidade é.
E pelos vistos deixa-me muito a desejar como Angolano,uma vez que nós temos um comportamento como Angolano,mais o senhor Makuta Nkondo,mais parece Congolês que Angolano e mesmo as vezes nas suas intervenções aparece a defender para o melhor tudo quanto seja daquela república vizinha em detrimento da nossa mãe pátria(Angola).
Em suma penso ser da idade e deve já descansar,o único conselho amigo como bom cidadão.


por: Jacob Cafunete Candido de: Kwanza-norte
02.11.2012 20:40
Dr. Macuta Nkondo, desde sempre tem sido pessoa de análises pertinentes e pra mim é ainda o analista politica que tem enfrendado o governo mutilador que dirige este pobre e nobre país. Éu agora pergunto, premiar os deputados com carrões luxuosos é apostar no desenvolvimento? Sera que pode um país desenvolver com gastos desnecessários e avultados?
Bem Dr. Macuta tem rasão, se o premio é para todos os deputados então os da oposição podem receber, mas que não se deixem levar ao luxo para deixar de defender aquilo que é da sua obrigação. Porque vejo que a entenção é encher de lucho para calar a boca e não discutir mais o direito do povo.


por: Bartolomeu Capita de: Suíça
02.11.2012 20:10
O senhor Makuta Nkondo tem muita razão, a respeito da oposição! "Quanto à re-escravização dos povos Negros da África, tenhamos em conta os sinais de "luz verde" a esse barbarismo que têm sido crescente e publicamente feitos por eminentes políticos Euro-Americanos, como é o caso do Republicano Jon Hubbard1, segundo o qual "a escravatura foi uma bênção para os Africanos". Assim, se a "história" vai repetir-se em África, não é unicamente culpa da União Europeia, mas também, e sobretudo, culpa dos dirigentes Africanos, como os de ANGOLA, que, incapazes de inscrever-se na História, não podem senão fazer prova de incompetência e de obtusidade. Em menos de cinco anos, mais de seis milhões de Hebreus foram dizimados por nações Europeias. Cinco decénios depois, os Hebreus conquistaram tudo quanto é necessário para impossibilitar a repetição daquele genocídio. Em cinco séculos, centenas de milhões de Africanos foram pura e simpelsmente aniquilados por nações Europeias. Cinco decénios depois das descolonizações, nós Africanos, apenas conquistamos a capacidade infame de espezinharmos os nossos próprios irmãos em prol de interesses obscuros de corporações Europeias e não só, tornando assim viável a repetição do terrível e multissecular genocídio de que fomos vítimas." Eis aqui o documento na íntegra: http://cabindacitizenship.files.wordpress.com/2012/11/observac3a7c3b5es-do-movimento-nacional-cabinda-ao-secretc3a1rio-executivo-da-cplp1.pdf

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Sexta 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Manchetes Africanas 2 Setembro 2014i
|| 0:00:00
...
 
🔇
X
02.09.2014 17:06
Uma volta rápida em vídeo por temas africanos que são hoje notícia
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 2 Setembro 2014

Uma volta rápida em vídeo por temas africanos que são hoje notícia
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 29 Agosto 2014

As noticias de Africa em video
Vídeo

Vídeo Ferguson olha para o Futuro

Um grande júri no estado de Missouri continua a ouvir testemunhos do caso que envolve a morte a tiro de um jovem africano-americano por um agente policial branco. O caso ocorreu no dia 9 de Agosto na cidade de Ferguson.
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 28 Agosto 2014

Noticias de Africa em video
Vídeo

Vídeo Manchetes Americanas 28 Agosto 2014

As principais notícias que encerram a última semana do mês de Agosto, nos Estados Unidos
Vídeo

Vídeo Lei Russa Contra a Profanação

A Rússia promulgou em Julho uma lei que ameaça multar actos de profanação nos media, filmes, literatura, na música e no teatro. A restrição foi bem recebida por quem diz que a blasfémia está fora do controlo, outros rejeitam a decisão por considerarem tratar-se de paternalização e censura
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 27 Agosto 2014

Noticias de Africa em video
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 26 Agosto 2014

Noticias de Africa em video
Vídeo

Vídeo Manchetes Americanas 26 Agosto 2014

Os principais títulos americanos na última semana de Agosto
Mais Vídeos