quarta-feira, 05 agosto, 2015. 10:24 UTC

Notícias

Angola: Governo doa 8 milhões de dólares para campanha dos partidos políticos

Distribuição de verba será assegurada pela COmissão Nacional de Eleições e em caso de sobra o valor deverá ser devolvido

Reunião dos membros da Comissão Nacional de Eleições de Angola (Arquivo)
Reunião dos membros da Comissão Nacional de Eleições de Angola (Arquivo)
Coque Mukuta

 

Governo doa 8 milhões para campanha eleitoral

Em Angola o governo decidiu conceder 8,1 milhões de dólares para financiar a campanha eleitoral dos partidos políticos as eleições gerais de 31 de Agosto.

Esse fundo será distribuído pela Comissão Eleitoral.

O presidente da República, José Eduardo dos Santos estipulou em decreto presidencial publicado esta quinta-feira um montante de Setecentos e oitenta e oito milhões e quinhentos mil Kwanzas, para a campanha eleitoral.

Para o jurista João Pinto o valor estipulado será repartido de forma equitativa as nove formações políticas concorrentes às eleições «segundo a lei do financiamento a divisão deverá ser de forma equitativa» frisou.

Pinto que é também professor universitário, quando questionado sobre a credibilidade da Comissão Nacional eleitoral em repartir o montante, disse que os políticos devem confiar na instituição em causa.

A CNE deverá supervisionar a utilização da verba a distribuir aos partidos e coligações, uma vez que em caso de eventual montante remanescente, ele deverá ser devolvido àquela Comissão, frisa o decreto promulgado pelo presidente angolano, José Eduardo dos Santos.

O forúm foi encerrado
Comentários
     
Năo existem comentários. Seja o primeiro

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Qui 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sexta-feira 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Graça Sanches gostava de ver uma África menos corruptai
X
05.08.2015 10:18
Graça é participante YALI 2015, veio de Cabo Verde e advoga pela igualdade e equidade de género na esfera política do seu país
Vídeo

Vídeo Graça Sanches gostava de ver uma África menos corrupta

Graça é participante YALI 2015, veio de Cabo Verde e advoga pela igualdade e equidade de género na esfera política do seu país
Vídeo

Vídeo Manuel Jeque Francisco sonha com um Moçambique onde toda a criança tem educação

Manuel Francisco é professor na Beira, em Moçambique. O seu maior sonho é que a educação e a saúde cheguem a todas as crianças moçambicanas. É um dos 500 participantes YALI 2015
Vídeo

Vídeo Passadeira Vermelha #26: 50 Cent falido, ultimo adeus a Bobbi Kristina

Esta semana temos mais tribunais na via! O rapper 50 Cent vai a tribunal mas diz que está tão pobre que as jóias e carros que usa são emprestados e que tem que devolver às lojas depois de tirar a foto básica para postar no Instagram!
Mais Vídeos