sexta-feira, 31 outubro, 2014. 22:45 UTC

Notícias

Angola: Imigrantes ilegais são "ameaça à segurança e paz"

Crescente número de ilegais provoca debate em Angola e tensões com países vizinhos

Angola: Imigrantes ilegais são "ameaça à segurança e paz"
Angola: Imigrantes ilegais são "ameaça à segurança e paz"

Imigração ilegal em Angola

Com o fim da guerra e o "boom"económico Angola é hoje um crescente polo de atracção para imigrantes ilegais vindos de todo o continente, mas principalmente dos países vizinhos.

Inicialmente e mesmo durante a guerra os campos de diamantes foram o polo de atracção mas hoje as grandes cidades e polos de crescimento económico atraiem grandes números de imigrantes ilegais sendo um problema que se alastra pràticamente a todas as áreas do país.

Alguns angolanos afirmam agora que a imigração ilegal é uma ameaça à paz social, à segurança e à economia do país.

As autoridades angolanas levam a cabo campanhas regulares de detenção de imigranrtes ilegais e a o seu repatriamento. Em alguns casos  isso tem provocado tensão com pases vizinhos que acusam as autoridades angolanas de maltratarem os seus cidadãos e de não respeitarem as normais internacionais para o seu repatriamento.

A questão da imigração ilegal foi analisada na mesa redonda da Voz da América em que os convidados disseram que em primeiro lugar  ó país tem de reforçar o sistema de segurança das suas fronteiras terrestre e marítima.

Mas o jornalista Miguel Gomes fez notar que há também que definir claramente  a imigração que o país quer e deseja.

O advogado Yannick Bernardo entende que o estado tem em primeiro lugar a obrigação de defender o cidadão nacional, priveligiando o seu acesso aos bens e serviços.

Ouça a reportagem e a mesa redonda do Panguinho de Oliveira carregando na barra azul no topo.

O forúm foi encerrado
Comentários
     
Năo existem comentários. Seja o primeiro

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Sexta 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Levando a vida no cemitério: Reportagem sobre pobreza persistente em Moçambiquei
X
31.10.2014 18:08
Com as suas ricas reservas de gás natural por explorar, Moçambique poderá tornar-se num dos maiores abastecedores de energia – facto central nas recentes eleições nacionais. Mas nem todos usufruem das riquezas acumuladas. Há uma pobreza persistente, veja como alguns residentes de Maputo sobrevivem
Vídeo

Vídeo Levando a vida no cemitério: Reportagem sobre pobreza persistente em Moçambique

Com as suas ricas reservas de gás natural por explorar, Moçambique poderá tornar-se num dos maiores abastecedores de energia – facto central nas recentes eleições nacionais. Mas nem todos usufruem das riquezas acumuladas. Há uma pobreza persistente, veja como alguns residentes de Maputo sobrevivem
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 31 Outubro 2014

As noticias de Africa em video
Vídeo

Vídeo Manchetes Americanas 30 Outubro 2014

As principais notícias que marcam a última semana do mês de Outubro, nos Estados Unidos
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 30 Outubro 2014

As noticias de Africa em video
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 29 Outubro 2014

As noticias de Africa em video
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 28 Outubro 2014

As noticias de Africa em video
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 24 Outubro 2014

As noticias de Africa em imagens
Vídeo

Vídeo Levados pelo Boko Haram

O mundo espera para ver se a Nigéria consegue negociar a libertação das 219 raparigas da escola de Chibok, raptadas pelo grupo islâmico Boko Haram em Abril. Activistas dizem que o Boko Haram já raptou centenas de jovens rapazes, mulheres e crianças, desde 2009.
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 23 Outubro 2014

As noticias de Africa em imagens
Vídeo

Vídeo Mãe Trabalhadora - trailler do filme

O filme explora a dupla responsabilidade das mulheres moçambicanas, como mães e trabalhadoras. Gentilmente cedido pelo Organização Internacional do Trabalho
Mais Vídeos