domingo, 20 abril, 2014. 23:40 UTC

Notícias

Angola com maior crescimento mundial na última década

Países africanos dominam lista de maior crescimento mas África continua a ser parte mínuscula da economia mundial

Luanda a crescer
Luanda a crescer

Multimédia

Áudio
Tamanho das letras - +

Angola tem maior crescimento económico mundial

18 Jan 2011 - Angola foi o país do mundo que mais cresceu económicamente na ultima década, revela um estudo da conceituada revista britânica Economist.
O estudo diz ainda que outro país lusófono, Moçambique, se encontra na lista das 10 economias mundiais que mais cresceram nesse mesmo período
Com efeito, se muito se fala do acordar dos gigantes que são ao China, Brasil, India e Rússia  o estudo do Economist é surpreendente não só pelo facto de Angola estar no topo da tabela mas também pelo facto de que na lista das 10 economias de maior crescimento na ultima década seis serem países africanos.
Angola aparece no topo da tabela com um crescimento entre 2001 e 2010 de 11,1 por cento, superior á China que registou no mesmo período um crescimento de 10,5 por cento.
Moçambique surge no oitavo lugar com um crescimento de 7,9 por cento o mesmo que o registado no Chad que está em sétimo
O notável nessa lista é que ao contrário do que se possa pensar não são países asiáticos que dominam a lista mas sim africanos. Da lista das 10 economias de maior crescimento seis são de países africanos, algo que é mais notável se se tiver em  conta que na década anterior apenas um país africano (Uganda) fazia parte da lista.
Na ultima década o crescimento real do PIB de África  foi de 5,7 por cento  superior ao da América Latina com 3,3 por cento.
O Economist diz que  entre 2011 e 2015  sete países africanos deverão estar na lista de 10 países com maior crescimento económico. Angola não aparece nessa projecção mas Moçambique  está em quarto lugar com uma projecção de crescimento de 7,7 por cento.
Claro está que crescimento do PIB não é tudo. Ao fim e ao cabo, como disse uma economista, não se come o Produto Interno Bruto e se em 1980 os africanos tinham um rendimento médio quatro vezes maior do que os chineses hoje os chineses são três vezes mais ricos que os africanos. O crescimento populacional também afecta o crescimento real per capita do Produto Interno Bruto mas mesmo assim, diz o Economist, esse crescimento foi de três por cento desde o ano 2000.
Em termos globais há que perspectivar que a economia de África é minúscula representando apenas dois por cento da produção mundial.
O estudo do Economist faz no entanto notar que devido a esse atraso o crescimento de África não é de surpreender, tendo o que diz ser “mais potencial de crescimento”. O estudo faz salientar a melhor administração das economias em muitos países africanos que beneficiaram também de grandes investimentos da China e do aumento dos preços das matérias primas. Mas, diz o Economist, em vez de esbanjarem o dinheiro como aconteceu no passado governos como os de Moçambique  e Tanzânia pouparam dinheiro o que amorteceu o efeito da crise nas suas economias.
O Fundo Monetário Internacional disse entretanto que as perspectivas de África para este ano são boas.
Num estudo o FMI diz ainda que Cabo Verde, Moçambique e São Tomé estão entre os países africanos que no período entre 1996 e 2008 registaram um aumento de rendimento per capita acima de dois por cento
O FMi sublinha que as necessidades de África continuam a ser enormes. A África sub saharina precisa de 93 mil milhões de dólares anuais em financiamento e pelo menos um terço dessa quantia não encontra financiamento.

O forúm foi encerrado
Comentários
     
Năo existem comentários. Seja o primeiro

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Sexta 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Manchetes Africanas 18 de Abrili
|| 0:00:00
...
 
🔇
X
18.04.2014
Vídeo

Vídeo "Temos muitos problemas na Guiné-Bissau", Abel Incada, candidato presidencial

Os guineenses foram às urnas a 13 de Abril e estão expectantes num novo Governo de paz e estável
Vídeo

Vídeo África do Sul vai a votos a 7 de Maio

Na África do Sul, o ANC está em campanha difícil para segurar o seu domínio no Limpopo, onde ganhou 85 por cento dos votos em 2009.
Vídeo

Vídeo Pistorius está no banco dos réus e a acusação tem sido dura

Os acusadores tentaram descrever o atleta sul-africano Oscar Pistorius como egoísta e abusivo durante o segundo dia de interrogatório no seu julgamento por homicídio.
Mais Vídeos