terça-feira, 23 setembro, 2014. 20:22 UTC

Notícias / Angola

Caso Kamulingue-Kassule: UNITA convoca manifestações para exigir explicações

Os dois activistas, Alves Kamulingue e Isaías Kassule, desapareceram em Maio de 2012 em Luanda, quando tentavam organizar uma manifestação.

Kamulingue e Kassule, os dois activistas angolanos desaparecidos desde Maio passado
Kamulingue e Kassule, os dois activistas angolanos desaparecidos desde Maio passado
António Capalandanda
A UNITA, o principal partido da oposição angolana, convocou para o mês de Maio de 2013, uma manifestação à escala nacional para exigir do presidente da república, José Eduardo dos Santos, uma explicação sobre o desaparecimento de 2 activistas, Isaías Kassule e Alves Kamulingue.


Vitorino Nhany, secretário-geral da UNITA anunciou durante um comício no Andulo, província do Bié, que marcou o lançamento da campanha do seu partido para as eleições autárquicas, que os protestos podem realizar-se, inclusivamente defronte ao palácio presidencial.
“A UNITA vai se pronunciar sobre o caso Kamulingue” afirmou o político, avisando que “ se necessário iremos mobilizar milhões de angolanos para irmos ao encontro daquele que matou ou fez desaparecer Kassule e Kamulingue”.

Os dois activistas, Alves Kamulingue e Isaías Cassule, desapareceram em Maio de 2012 em Luanda, quando tentavam organizar uma manifestação, mas até ao momento não existem pistas sobre o paradeiro ou a existência dos mesmos.

Falando a mais de nove mil pessoas no estádio 11 de Novembro do Andulo, Nhany afirmou que agora a contradição em Angola já não é entre o MPLA e a UNITA.
“A contradição está entre o Sr. José Eduardo dos Santos e todo povo de Angola. Já não é mais contra o MPLA” disse o político acrescentando que “ não devemos meter no mesmo saco MPLA e José Eduardo dos Santos. José Eduardo dos Santos é a pior figura da situação que nós estamos a atravessar em Angola.”

À Voz da América, aquele dirigente partidário explicou que em Maio completa-se um ano sobre o desaparecimento dos dois activistas e a situação se torna cada vez mais preocupante porque mão há rasto da sua existência.

“ Nós achamos que a UNITA deve servir de vanguarda para mobilizar os angolanos no sentido de persuadir aquele que não quer dar resposta relativamente a situação de Alves Kamulingue e Isaías Kassule. Esta é posição da UNITA enquanto maior partido na oposição não pode continuar que os autores dessa situação estejam incólumes.”

Nhany diz ainda que, o seu partido não teme represálias caso saia as ruas e  acusou ainda, o político do MPLA, Bento Kangamba, de ser umas das pessoas de confiança de Eduardo dos Santos por conduzir uma das milícias pró-governamentais que tem vindo a reprimir manifestantes desde 2011.

Autoridades governamentais e a procuradoria-geral realizaram, recentemente duas reuniões com familiares e amigos dos desaparecidos, mas estes afirmam que as mesmas forem inconclusivas – dado que não se sabe se Kamulingue e Cassule estão mortos ou vivos, e se estiverem vivos, em que local se encontrarão.
O forúm foi encerrado
Comentário
Comentários
     
por: Fonso de Almeida de: Luanda
29.01.2013 09:05
Agora isso vai pegar fogo podem contar comigo nesta manifestaçao.

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Sexta 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Manchetes Americanas 23 Setembro 2014i
|| 0:00:00
...
 
🔇
X
23.09.2014 18:59
Temas da actualidade americana em video
Vídeo

Vídeo Manchetes Americanas 23 Setembro 2014

Temas da actualidade americana em video
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 23 Setembro 2014

As noticias africanas em video
Vídeo

Vídeo Música de campanha de Aécio Neves

Artistas brasileiros cantam por Aécio Neves
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 19 Setembro 2014

As imagens das noticias de Africa
Vídeo

Vídeo Aniversário Westgate - Ataque terrorista ainda abala as vítimas

Um ano depois do ataque terrorista ao Centro Comercial Westgate em Nairobi, os sobreviventes continuam abalados com a tragédia. A VOA conta a história das vítimas que ainda questionam: “Como é que isto aconteceu?
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 18 Setembro 2014

Noticias de Africa em imagens
Mais Vídeos