sábado, 19 abril, 2014. 04:22 UTC

Notícias / Angola

UNITA defende rejuvenescimento do Governo

O executivo de José Eduardo dos Santos é demasiado militarizado e envelhecido considerou o secretário provincial de Luanda da UNITA, Jorge Mussonguela.

Presidente José Eduardo dos Santos
Presidente José Eduardo dos Santos
Tamanho das letras - +
Manuel José
O executivo de José Eduardo dos Santos é demasiado militarizado e envelhecido considerou o secretário provincial de Luanda da UNITA, Jorge Mussonguela. Três meses depois da tomada posse do elenco governamental saído das eleições de 31 de Agosto, o responsável da UNITA pensa que estes dois factores retiram alguma eficácia ao executivo angolano:

“A governação dos generais tem redundado em fracasso, em detrimento de muitos jovens que estão formados, preparados, já é tempo destes jovens assumirem esta responsabilidade”.

Para o secretário provincial da UNITA já era altura dos jovens assumirem os destinos do país:

“Não entendo como octogenários ainda tenham de estar à frente destas estruturas, com 70, 80, 60 anos, o país ja formou jovens de 30, 40 anos que podem assumir esta responsabilidade”.

A persistência na velha guarda, no executivo, é para Mussonguela o caminho para o abismo:

“Estamos a apostar outra vez na velha guarda, eu acho que é um autêntico fracasso”.

O responsável da Unita de Luanda, Jorge Mussonguela,  pensa que a aposta em generais e na velha guarda para o executivo é  um erro.

A VOA foi verificar a ficha técnica do executivo e notou que dos 37 integrantes, oito são generais: José Eduardo dos Santos, Hélder Vieira Dias "Kopelipa", Cândido Pereira Van-Dunem, Ângelo Veiga de Barros, George Chicoti, Kundy Paihama e Pedro Mutindi. Em relação aos governadores provinciais, dos 18, 10 são militares: Henriques Junior, Kuata Kanawa, Ernesto Muangala, Eusébio Teixeira, João Ernesto Liberdade, Armando da Cruz Neto, Faustino Muteka, Álvaro Boavida Neto, Dida Lelwa e Higino Carneiro.
O forúm foi encerrado
Comentário
Comentários
     
por: ADRIANO MOREIRA de: DUNDO
24.12.2012 22:23
TAMBÉM NÃO É PRECISO EXAGERAR. DOS GOVERNANTES AQUI MENCIONADOS PELA VOA NEM TODOS SÃO GENERAIS. PEDRO MUTINDE, GEORGE CHIKOTI, ERNESTO MUANGALA, FAUSTINO MUTECA, ANTÓNIO DIDALELWA, HENRIQUE JUNIOR E BOA VIDA NETO, NÃO SÃO GENERAIS. POR OUTRA É SÓ PARA DIZER QUE O MACACO SÓ VÊ A CAUDA DO OUTRO, PORQUE NA UNITA TAMBÉM ESTÁ CHEIO DE GENERAIS NO PARLAMENTO, EIS ALGUNS: ISAIAS SAMAKUVA, LUKAMBA GATO, KAMALATA NUMA, CHIWALE E TANTOS OUTROS QUE TAMBÉM SÃO VELHACOS. PORQUE NÃO FAZEM RENOVAÇÃO DE MANDATOS NO PARTIDO UNITA? É SÓ NO MPLA? NÃO TENDES VERGONHA NAS VOSSAS CARAS. DEIXEM DE PROVOCAR O MEU MPLA POR FAVOR.


por: Anónimo
21.12.2012 00:43
A UNITA TEM Q TER MUITA ATENCAO PORQ A QUESTAO DA IDADE SO VALE EM ANGOLA , NA INGLATERRA EXISTE UMA LEI Q PROIBE A DESCRIMINACAO DE IDADE , SEX ETC QUER DIZER ESTA QUESTAO SE FOR LEVANTADA NA UK SIGNIFICA DESCRIMINACAO E LOGO PODE CUSTAR CARO AO OFENSOR.

Resposta

por: Jose Quenguela de: Luanda
22.12.2012 19:39
Concordo parcialmente com o secretario provincial do galo negro , há uma necessidade de apostar na juventude tanto no aparelho governamental quanto nos partidos . E precisamente aqui a Unita alinha no mesmo diapasão que o seu adversario . A direcção do galo negro também é militarisada e os poucos jovens que se encontram na direcçao são filhos de dirigentes historicos do partido .

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Sexta 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Manchetes Africanas 18 de Abrili
|| 0:00:00
...
 
🔇
X
18.04.2014
Vídeo

Vídeo "Temos muitos problemas na Guiné-Bissau", Abel Incada, candidato presidencial

Os guineenses foram às urnas a 13 de Abril e estão expectantes num novo Governo de paz e estável
Vídeo

Vídeo África do Sul vai a votos a 7 de Maio

Na África do Sul, o ANC está em campanha difícil para segurar o seu domínio no Limpopo, onde ganhou 85 por cento dos votos em 2009.
Vídeo

Vídeo Pistorius está no banco dos réus e a acusação tem sido dura

Os acusadores tentaram descrever o atleta sul-africano Oscar Pistorius como egoísta e abusivo durante o segundo dia de interrogatório no seu julgamento por homicídio.
Mais Vídeos