quinta-feira, 31 julho, 2014. 23:39 UTC

Notícias / Angola

UNITA defende rejuvenescimento do Governo

O executivo de José Eduardo dos Santos é demasiado militarizado e envelhecido considerou o secretário provincial de Luanda da UNITA, Jorge Mussonguela.

Presidente José Eduardo dos Santos
Presidente José Eduardo dos Santos
Manuel José
O executivo de José Eduardo dos Santos é demasiado militarizado e envelhecido considerou o secretário provincial de Luanda da UNITA, Jorge Mussonguela. Três meses depois da tomada posse do elenco governamental saído das eleições de 31 de Agosto, o responsável da UNITA pensa que estes dois factores retiram alguma eficácia ao executivo angolano:

“A governação dos generais tem redundado em fracasso, em detrimento de muitos jovens que estão formados, preparados, já é tempo destes jovens assumirem esta responsabilidade”.

Para o secretário provincial da UNITA já era altura dos jovens assumirem os destinos do país:

“Não entendo como octogenários ainda tenham de estar à frente destas estruturas, com 70, 80, 60 anos, o país ja formou jovens de 30, 40 anos que podem assumir esta responsabilidade”.

A persistência na velha guarda, no executivo, é para Mussonguela o caminho para o abismo:

“Estamos a apostar outra vez na velha guarda, eu acho que é um autêntico fracasso”.

O responsável da Unita de Luanda, Jorge Mussonguela,  pensa que a aposta em generais e na velha guarda para o executivo é  um erro.

A VOA foi verificar a ficha técnica do executivo e notou que dos 37 integrantes, oito são generais: José Eduardo dos Santos, Hélder Vieira Dias "Kopelipa", Cândido Pereira Van-Dunem, Ângelo Veiga de Barros, George Chicoti, Kundy Paihama e Pedro Mutindi. Em relação aos governadores provinciais, dos 18, 10 são militares: Henriques Junior, Kuata Kanawa, Ernesto Muangala, Eusébio Teixeira, João Ernesto Liberdade, Armando da Cruz Neto, Faustino Muteka, Álvaro Boavida Neto, Dida Lelwa e Higino Carneiro.
O forúm foi encerrado
Comentário
Comentários
     
por: ADRIANO MOREIRA de: DUNDO
24.12.2012 22:23
TAMBÉM NÃO É PRECISO EXAGERAR. DOS GOVERNANTES AQUI MENCIONADOS PELA VOA NEM TODOS SÃO GENERAIS. PEDRO MUTINDE, GEORGE CHIKOTI, ERNESTO MUANGALA, FAUSTINO MUTECA, ANTÓNIO DIDALELWA, HENRIQUE JUNIOR E BOA VIDA NETO, NÃO SÃO GENERAIS. POR OUTRA É SÓ PARA DIZER QUE O MACACO SÓ VÊ A CAUDA DO OUTRO, PORQUE NA UNITA TAMBÉM ESTÁ CHEIO DE GENERAIS NO PARLAMENTO, EIS ALGUNS: ISAIAS SAMAKUVA, LUKAMBA GATO, KAMALATA NUMA, CHIWALE E TANTOS OUTROS QUE TAMBÉM SÃO VELHACOS. PORQUE NÃO FAZEM RENOVAÇÃO DE MANDATOS NO PARTIDO UNITA? É SÓ NO MPLA? NÃO TENDES VERGONHA NAS VOSSAS CARAS. DEIXEM DE PROVOCAR O MEU MPLA POR FAVOR.


por: Anónimo
21.12.2012 00:43
A UNITA TEM Q TER MUITA ATENCAO PORQ A QUESTAO DA IDADE SO VALE EM ANGOLA , NA INGLATERRA EXISTE UMA LEI Q PROIBE A DESCRIMINACAO DE IDADE , SEX ETC QUER DIZER ESTA QUESTAO SE FOR LEVANTADA NA UK SIGNIFICA DESCRIMINACAO E LOGO PODE CUSTAR CARO AO OFENSOR.

Resposta

por: Jose Quenguela de: Luanda
22.12.2012 19:39
Concordo parcialmente com o secretario provincial do galo negro , há uma necessidade de apostar na juventude tanto no aparelho governamental quanto nos partidos . E precisamente aqui a Unita alinha no mesmo diapasão que o seu adversario . A direcção do galo negro também é militarisada e os poucos jovens que se encontram na direcçao são filhos de dirigentes historicos do partido .

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Sexta 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Ivan Collinson - Participante Yalii
X
31.07.2014 20:06
Ivan Collinson - Participante Yali. Veio de Moçambique e é director adjunto do registo académico da Universidade Eduardo Mondlane. Ivan sente-se mais africano depois de participar na Iniciativa Jovens Líderes Africanos nos EUA
Vídeo

Vídeo Ivan Collinson - Participante Yali

Ivan Collinson - Participante Yali. Veio de Moçambique e é director adjunto do registo académico da Universidade Eduardo Mondlane. Ivan sente-se mais africano depois de participar na Iniciativa Jovens Líderes Africanos nos EUA
Vídeo

Vídeo Manchetes Americanas 31 Julho 2014

Câmara dos Representantes indicia processo contra Presidente Barack Obama
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 31Julho 2014

Da propagação do vírus do ébola, aos ataques do Boko Haram. Os títulos que marcam a actualidade de África
Vídeo

Vídeo Cadija Mané - Participante Yali

Cadija Mané - Participante Yali. Veio da Guiné-Bissau, onde trabalha como coordenadora da Casa dos Direitos. Regressa para a Guiné com mais determinação e força de vontade para mudar as coisas
Vídeo

Vídeo Vilma Nhambi - Participante Yali

Vilma Nhambi - Participante Yali. Veio de Moçambique e tem um projecto com mulheres e adolescentes nas zonas rurais.
Vídeo

Vídeo Selma Neves - Participante Yali

Selma Neves - Participante Yali, veio de Cabo Verde. É Presidente da Incubadora, uma cooperativa de empoderamento de mulheres e fica por mais dois meses para um estágio em Nova Iorque
Vídeo

Vídeo Manchetes Americanas 29 Julho 2014

Os principais assuntos que fazem a actualidade dos Estados Unidos da América, com Bruna Ladeira
Vídeo

Vídeo Majo Joseph - Participante Yali

Majo Joseph - Participante Yali veio de Moçambique e a sua área de acção é a sociedade civil e seu empoderamento
Vídeo

Vídeo Akiules Neto - Participante Yali

Akiules Neto - Participante Yali. Veio de Angola e a sua vida são os números
Mais Vídeos