segunda-feira, 15 setembro, 2014. 04:02 UTC

Notícias / Angola

Angola: Eleição da TAAG não convence analistas

A TAAG foi recentemente eleita para a presidência do Comité Executivo da Associação de Companhias Aérea Africanas.

Manuel José
Na sequência da eleição, a direcção da TAAG considerou em comunicado que ela representava o reconhecimento do sucesso da companhia angolana de bandeira em África.

No entanto analistas angolanas de várias áreas nao concordam muito que a TAAG tenha conquistado esse sucesso propalado. Elas apontam várias insuficiências que a companhia ainda enfrenta.


A politica Alexandra Simeão foi a primeira a discordar com o posicionamento da direccao da TAAG: "Aqui como passageira eu nao posso concordar, eu e mais não sei quantos milhões de angolanos. Ao longo dos anos temos assistido a uma degradação no interior das aeronaves nao é explicado, nem aparece ninguem a dar uma satisfação".

Alexandra Simeao acrescenta: "desde as cadeiras que não funcionam, nao há água nos sanitários, não há papel higiénico, as televisões não funcionam".

Apesar do país ter adquirido recentemente aviões de última geração, Simeão considera que os mesmo já se parecem com os táxis nacionais: "Muitas companhias do primeiro mundo nao têm aqueles aviões e nós hoje entramos neste voos e parece que estamos num candongueiro, quando estamos a falar de um investimento de biliões de dólares, entao nós fazemos a parte mais dificil que é comprar o porco, depois nao conseguimos tirar de lá o chouriço? Por amos de Deus".

A jurista Ana Paula Godinho prefere ver o problema como sendo conjuntural:"Eu acho que este não é um problema especifico da TAAG, eu penso que é um problema do país".E diz ter uma maneira para se livrar dos dissabores que a TAAG proporciona

Por último a jornalista Suzana Mendes deixa um recado:"Deve haver a preocupação de cada trabalhador em melhorar os servicos da TAAG nao só a bordo mas também em terra".
O forúm foi encerrado
Comentários
     
Năo existem comentários. Seja o primeiro

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Sexta 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Prostituição infantil em Nairobii
|| 0:00:00
...
 
🔇
X
13.09.2014 03:03
Na favela de Korogocho, em Nairobi, raparigas com apenas 15 anos de idades dedicam-se à prostituição como meio de ganhar a vida. Elas são o alvo de uma organização não-governamental chamada Iniciativa Miss Koch, que tem realizado o trabalho de resgatar essas menores e com resultados positivos.
Vídeo

Vídeo Prostituição infantil em Nairobi

Na favela de Korogocho, em Nairobi, raparigas com apenas 15 anos de idades dedicam-se à prostituição como meio de ganhar a vida. Elas são o alvo de uma organização não-governamental chamada Iniciativa Miss Koch, que tem realizado o trabalho de resgatar essas menores e com resultados positivos.
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 12 Setembro 2014

As noticias de Africa que fazem manchete
Vídeo

Vídeo Manchetes Americanas 11 setembro 2014

Noticias da America em video
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 10 Setembro 2014

As imagens das noticias de Africa
Vídeo

Vídeo Manchetes americanas 9 Setembro 2014

As notícias da America em vídeo
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 9 Setembro 2014

As notícias de África em vídeo
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 8 Setembro 2014

As imagens noticiosas de Africa
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 5 Setembro 2014

O que faz noticia em Africa
Vídeo

Vídeo Chegada de Dhalakama a Maputo

O presidente de Moçambique Armando Guebuza e o líder da Renamo Afonso Dhlakama subscreveram hoje, 5, os documentos que integram o acordo de paz, assinado na semana passada pelo Governo e pelo principal partido da oposição.
Mais Vídeos