sábado, 02 agosto, 2014. 06:30 UTC

Notícias / Angola

CASA-CE quer anular Fundo Soberano de Investimentos

Presidente teria violado constituição ao constituir o fundo de cinco mil milhôes de dólares. Investimento em Londres considerado de carácter duvidoso

Abel Chivukuvuku
Abel Chivukuvuku
Manuel José
A CASA-CE pediu ao tribunal constitucional de Angola para invalidar um decreto constituindo o Fundo Soberano de Angola no valor de  5 mil milhões de dólares.




A constituição do fundo foi anunciada há algumanas atrás e entre os seus três administradores está o filho do presidente José Eduardo dos Santos.

Numa conferência de imprensa em Luanda o presidente da CASA-CE, Abel Chivukuvuku, considerou que o Fundo Soberano foi criado “de forma orgânica inconstitucional”.

“O Presidente da República excedeu claramente as suas competências constitucionais, agindo claramente com abuso de poder pisoteando o artigo 115,” disse o dirigente da CASA-CE

Para a CASA-CE, o Fundo Soberano  já incorreu numa pratica de aplicação de 356 milhões de dólares na Inglaterra que considera pouco clara.

“O Fundo soberano terá feito uma aplicação de 356 milhões de USD, para aquisição de um edifício em Londres, quem mediou a operação foi o banco Quantum da Suíça que é mais ou menos uma emanação do Banco Quantum de Angola que se tornou em Banco Cuanza,,” disse acrescentando que “tudo isto não é correcto”

Ao mesmo tempo Chivukuvuku disse que a sua coligação vai propor ao parlamento angolano normas para se evitar actos de nepotismo, na gestão da coisa pública.

“Vamos sugerir na Assembleia Nacional algumas normas, para fazer com que os recursos de todos angolanos não sejam geridos por uma família, tio, filhos, primos, sobrinhos  mas sim por angolanos competentes, independentemente de quem eles sejam,” acrescentou.
O forúm foi encerrado
Comentário
Comentários
     
por: JOAO ANTONIO de: LOBITO
05.12.2012 14:05
O FUNDO SOBERANO NAO E MAIS QUE O TESOURO QUE NUMA ECONOMIA DE MERCADO DEVE SER CONTROLADO E GERIDO PELO MINISTERIO DAS FINANCAS E SERVE TAMBEM PARA FINANCIAR O FOMENTO ECONOMICO DO PAIS RESPEITANDO O DIREITO COMERCIAL EM RESPEITO AO PODER LEGAL DO SEU TUTOR QUE EM NOME DO POVO E PRESTANDO CONTASM ATRAVEZ DOS ORCAMENTOS GERAIS DO ESTADO SABER OESTADO FISICO DO TESOURO DO ESTADO SE E EXCEDENTE OU DEFICITARIO POIS ELE NAO DEVE SOFRER INTERFERENCIAS POLITICAS PORQUE ATE AGORA ESTES ACTUAIS RESPONSAVEIS NUNCA MOSTRARAM AUTORIDADE MORAL E PERSONALIDADE JURIDICA PARA SE ACLAMAREM DE TAO GRANDE RESPONSABILIDADE ,LEMBREM'SE DO ALI BABA E OS QUARENTAS LADROES E OBRIGADO

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Sexta 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Manchetes Africanas 1 Agosto 2014i
X
01.08.2014 20:33
Os títulos que marcaram o início do mês de Agosto
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 1 Agosto 2014

Os títulos que marcaram o início do mês de Agosto
Vídeo

Vídeo Ivan Collinson - Participante Yali

Ivan Collinson - Participante Yali. Veio de Moçambique e é director adjunto do registo académico da Universidade Eduardo Mondlane. Ivan sente-se mais africano depois de participar na Iniciativa Jovens Líderes Africanos nos EUA
Vídeo

Vídeo Manchetes Americanas 31 Julho 2014

Câmara dos Representantes indicia processo contra Presidente Barack Obama
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 31Julho 2014

Da propagação do vírus do ébola, aos ataques do Boko Haram. Os títulos que marcam a actualidade de África
Vídeo

Vídeo Cadija Mané - Participante Yali

Cadija Mané - Participante Yali. Veio da Guiné-Bissau, onde trabalha como coordenadora da Casa dos Direitos. Regressa para a Guiné com mais determinação e força de vontade para mudar as coisas
Vídeo

Vídeo Vilma Nhambi - Participante Yali

Vilma Nhambi - Participante Yali. Veio de Moçambique e tem um projecto com mulheres e adolescentes nas zonas rurais.
Vídeo

Vídeo Selma Neves - Participante Yali

Selma Neves - Participante Yali, veio de Cabo Verde. É Presidente da Incubadora, uma cooperativa de empoderamento de mulheres e fica por mais dois meses para um estágio em Nova Iorque
Vídeo

Vídeo Manchetes Americanas 29 Julho 2014

Os principais assuntos que fazem a actualidade dos Estados Unidos da América, com Bruna Ladeira
Vídeo

Vídeo Majo Joseph - Participante Yali

Majo Joseph - Participante Yali veio de Moçambique e a sua área de acção é a sociedade civil e seu empoderamento
Vídeo

Vídeo Akiules Neto - Participante Yali

Akiules Neto - Participante Yali. Veio de Angola e a sua vida são os números
Mais Vídeos