terça-feira, 28 julho, 2015. 13:17 UTC

Notícias / Angola

Angola realiza em 2014 primeiro censo populacional após independência.

O parlamento abordou ainda a resolução sobre a renúncia do mandato do deputado eleito pelo MPLA Bento Kangamba

Assembleia Nacional de Angola
Assembleia Nacional de Angola
Coque Mukuta
O executivo de José Eduardo dos Santos já detém a autorização do parlamento angolano para a realização do Censo Populacional em 2014. O último censo, decorreu em 1970 e foi levado a cabo ainda por autoridades coloniais.


A Assembleia Nacional discutiu também o projecto de Resolução que aprova a Adesão de Angola à Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência, bem como o Projecto de Resolução que aprova a Adesão de Angola à Convenção Relativa à Protecção das Crianças e Cooperação em Matéria de Adopção Internacional que na ocasião o Ministro da Reinserção Social João Batista Kussumua disse ser uma lei que vai promover a maior participação dos cidadãos com deficiência física na vida Pública e Privada.

“A convenção sobre direitos da pessoa com deficiência representa um passo importante no contexto da estratégia do aprofundamento da defesa dos direitos destas pessoas e da promoção da sua inclusão está é uma convenção internacional abrangente que irá dar um significativo contributo seja ao nível da sua participação a nível comunitária seja ao nível cívica, política, económica ou social” disse.     

O parlamento abordou ainda as resoluções sobre a renúncia do mandato do deputado eleito pelo MPLA Bento Kangamba, a composição do Conselho de Administração da Assembleia Nacional e da direcção dos Grupos de Mulheres Parlamentares a constituição da Comissão Permanente do Parlamento, movimentação de deputados, assim como a integração de parlamentares nas comissões de especialidades do plenário que levou ao Presidente da Assembleia Nacional, Fernando da Piedade Dias dos Santos “Nando” a pedir maior consenso dos deputados daquela casa das leis - “Já chegamos ao consenso. Ok?” questionou

“Mas vamos aprovar esta autorização legislativa” acrescentou o parlamentar.

Uma das polémicas nesta sessão é a resoluções sobre a renúncia do mandato do deputado pelo MPLA Bento Kangamba que segundo a oposição não tomou posse, por isso não pode renunciar.
O forúm foi encerrado
Comentários
     
Năo existem comentários. Seja o primeiro

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Qui 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sexta-feira 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Sudão: música salva pessoas da mortei
X
28.07.2015 06:19
Em 2012 o realizador sudanês Hajooj Kuka realizou um documentário entre os refugiados da Guerra civil no Nilo Azul, Sudão, e na região montanhosa de Nuba. E surpreendeu-se com o que ali viu – a música estava a ajudar a salvar pessoas que estavam a ser alvo de ataques aéreos do seu próprio governo
Vídeo

Vídeo Sudão: música salva pessoas da morte

Em 2012 o realizador sudanês Hajooj Kuka realizou um documentário entre os refugiados da Guerra civil no Nilo Azul, Sudão, e na região montanhosa de Nuba. E surpreendeu-se com o que ali viu – a música estava a ajudar a salvar pessoas que estavam a ser alvo de ataques aéreos do seu próprio governo
Vídeo

Vídeo Marvel Comics lança um novo Homem-Aranha: Miles Morales

Seja em quadradinhos ou na tela do cinema, fãs estão acostumados a ver Peter Parker por trás do Homem-Aranha. Mas isto está a mudar. A Marvel Comics lançou Miles Morales para substituir Peter Parker em uma nova série de quadradinhos. Ele é metade latino e metado afro-americano e já é bem popular.
Vídeo

Vídeo Procuradoras mulheres da Somália para fazer a diferença

Numa nação marcada por um longo conflito, corrupção e impunidade, o governo da Somália espera reconstruir o sistema de justiça do país e pela primeira vez trouxe seis procuradoras mulheres ao processo
Vídeo

Vídeo Jornalista cego da Somália

Apesar da melhoria de segurança, nos últimos anos, Somália continua um dos países mais perigosos para ser jornalista, pior para que não tem a capacidade de ver. Abdifatah Hassan Kalgacal têm reportado na última década a partir da capital daquele país. É cego
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 23 Julho 2015

As imagens noticiosas de Africa
Mais Vídeos