sexta-feira, 01 agosto, 2014. 05:44 UTC

Notícias / Angola

China disponibiliza mais de 60 milhões de dólares para obras sociais em Malanje

O governador de Malanje, Norberto Fernandes dos Santos “Kwata Kanawa, disse que as infra-estruturas vao ajudar as populações locais.

Governador de Malanje, Norberto Fernando dos Santos
Governador de Malanje, Norberto Fernando dos Santos
Isaías Soares
O governo chinês disponibilizou mais de 60 milhões de dólares americanos para a execução de obras nos domínios da saúde e educação na província de Malanje, no âmbito da cooperação entre os dois países.

O director do Gabinete de Estudos e Planeamento do governo desta província, Rui Ramos, anunciou o facto, segunda-feira, no município de Kiwaba – Nzoje, 55 quilómetros a norte desta região, onde será erguido um hospital regional para atender habitantes de outros dois municípios: 

“Na globalidade esses projectos rondam a volta de 65 milhões de dólares, estamos a falar da construção de 10 escolas para o primeiro e segundo ciclos, quatro centros de saúde e um hospital, este no município de Kiwaba – Nzoje”, confirmou.

De acordo com Rui Ramos, “cada uma das escolas tem 12 salas de aulas, estão equipadas com campos de jogos, com outras infra-estruturas que permitem ter um projecto integrado e que facilite o enquadramento dos estudantes”.

O governador de Malanje, Norberto Fernandes dos Santos “Kwata Kanawa”, que procedeu ao lançamento da primeira pedra para a construção da infra-estrutura, disse que a mesma vai ajudar as populações daquelas circunscrições:

“É um benefício para a população, este benefício enquadra-se na cooperação entre o nosso país e a China que o Presidente da República iniciou logo que a guerra terminou e começaram-se a fazer este tipo de equipamentos no sentido de ir melhorando a vida das populações”, precisou, acrescentando:

“Com este hospital as populações não vão mais ter necessidade de ir para outras áreas”.

Dezoito meses é o tempo provável que vai durar a construção do Hospital Regional de Kiwaba – Nzoje, a cargo de uma construtora chinesa, no âmbito do Programa de Desenvolvimento Rural, Combate à Fome e Redução da Pobreza.
O forúm foi encerrado
Comentário
Comentários
     
por: sundu de: luanda
24.01.2013 20:25
Esse homem, um makisar q sabe ele sobre governanca? Angola recebe quotidianamente verbas sobre os produtos de venda de petroleo e diamantes, onde estao essas verbas pq?????? receber dinheiro dessas ''pulgas'' chinesas? Ai nossa Angola nunca nos libertaremos deles. Temos levar ao tribunal o ditador JES


por: Malaquias Kicanza de: Malanje
24.01.2013 14:01
Sr. Norberto Fernandes dos Santos “Kwata Kanawa” peço o favor de primazia a transportes públicos, emprego… educação, mais escolas, a água potável, continuamos a beber água das cacimbas isto é “poços” é uma realidade quase todos os bairros periféricos da Cidade de Malanje.

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Sexta 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Ivan Collinson - Participante Yalii
X
31.07.2014 20:06
Ivan Collinson - Participante Yali. Veio de Moçambique e é director adjunto do registo académico da Universidade Eduardo Mondlane. Ivan sente-se mais africano depois de participar na Iniciativa Jovens Líderes Africanos nos EUA
Vídeo

Vídeo Ivan Collinson - Participante Yali

Ivan Collinson - Participante Yali. Veio de Moçambique e é director adjunto do registo académico da Universidade Eduardo Mondlane. Ivan sente-se mais africano depois de participar na Iniciativa Jovens Líderes Africanos nos EUA
Vídeo

Vídeo Manchetes Americanas 31 Julho 2014

Câmara dos Representantes indicia processo contra Presidente Barack Obama
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 31Julho 2014

Da propagação do vírus do ébola, aos ataques do Boko Haram. Os títulos que marcam a actualidade de África
Vídeo

Vídeo Cadija Mané - Participante Yali

Cadija Mané - Participante Yali. Veio da Guiné-Bissau, onde trabalha como coordenadora da Casa dos Direitos. Regressa para a Guiné com mais determinação e força de vontade para mudar as coisas
Vídeo

Vídeo Vilma Nhambi - Participante Yali

Vilma Nhambi - Participante Yali. Veio de Moçambique e tem um projecto com mulheres e adolescentes nas zonas rurais.
Vídeo

Vídeo Selma Neves - Participante Yali

Selma Neves - Participante Yali, veio de Cabo Verde. É Presidente da Incubadora, uma cooperativa de empoderamento de mulheres e fica por mais dois meses para um estágio em Nova Iorque
Vídeo

Vídeo Manchetes Americanas 29 Julho 2014

Os principais assuntos que fazem a actualidade dos Estados Unidos da América, com Bruna Ladeira
Vídeo

Vídeo Majo Joseph - Participante Yali

Majo Joseph - Participante Yali veio de Moçambique e a sua área de acção é a sociedade civil e seu empoderamento
Vídeo

Vídeo Akiules Neto - Participante Yali

Akiules Neto - Participante Yali. Veio de Angola e a sua vida são os números
Mais Vídeos