segunda-feira, 21 abril, 2014. 07:19 UTC

Notícias / Angola

Luandenses pedem ajuda aos deputados para resolverem problemas das suas comunidades

Falta de água potável, luz eléctrica, saneamento básico, saúde e transporte são os grandes problemas que assolam os luandenses.

Tamanho das letras - +
Coque Mukuta
— Falta de água potável, luz eléctrica, saneamento básico, saúde e transporte são os grandes problemas que assolam os luandenses.

Segundo os populares ouvidos pela nossa reportagem gostavam de ver os seus legítimos representantes a pressionarem o executivo angolano para resolver os problemas das suas comunidades.

“Energia e água e falta de transporte. Já ouvi que o preço do táxi vai subir a 300 kuanzas”, frisou.

“A delinquência está 100 por centro, não há escola, então que tipo de representantes são esses que não velam pelos problemas dos cidadãos”, lamentou outro popular.

Para o deputado do PRS, Eduardo Kuangana, um executivo que já governo há 37 anos nada mais tem para dar porque segundo Kuangana, falta de luz e água são velhos problemas nas comunidades angolanas:

“Quem não conseguiu atender um país há 35 anos, jamais vai conseguir em cinco anos, o problema da falta de água e luz é antigo” disse.

Kuangana garantiu ainda assim em tudo fazer para discutir com quem de direito para resolver os problemas das populações “o que nos falta é juntarmos todas essas preocupações e levarmos a quem de direito para resolver os problemas das populações” frisou.

Já para o presidente da bancada parlamentar da UNITA, a água e a luz são questões básicas para um governo responsável e digno deste nome “um governo responsável um governo digno deste nome tem de ter capacidade de resolver os problemas básicos das populações” disse.

“Quando não consegue resolver o governo tem de ter idoneidade e verticalidade para poder dizer não estão em condições para poder governar e aqueles que conseguem assume isso” afirmou.

Danda disse terem já solicitado as direcções da EPAL e da EDEL para pedirem explicações sobre o verdadeiro problema naqueles sectores. “Nós vamos mesmo à EPAL e à EDEL para dizerem o qué que se passa” disse.

“Onde é que está a incapacidade para resolver o problema desta cidade que se chama Luanda” disse Danda quando comentava o pedido das populações aos deputados para pressionar o executivo a solucionar o problema da falta de água potável, luz eléctrica, saneamento básico, saúde e transporte.

Lembro um dia como hoje (27), no mês de Setembro tomavam posse no parlamento angolano MPLA com 175 lugares, UNITA 32, CASA-CE 8, PRS 3, FNLA 2.
O forúm foi encerrado
Comentários
     
Năo existem comentários. Seja o primeiro

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Sexta 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Manchetes Africanas 18 de Abrili
|| 0:00:00
...
 
🔇
X
18.04.2014
Vídeo

Vídeo "Temos muitos problemas na Guiné-Bissau", Abel Incada, candidato presidencial

Os guineenses foram às urnas a 13 de Abril e estão expectantes num novo Governo de paz e estável
Vídeo

Vídeo África do Sul vai a votos a 7 de Maio

Na África do Sul, o ANC está em campanha difícil para segurar o seu domínio no Limpopo, onde ganhou 85 por cento dos votos em 2009.
Vídeo

Vídeo Pistorius está no banco dos réus e a acusação tem sido dura

Os acusadores tentaram descrever o atleta sul-africano Oscar Pistorius como egoísta e abusivo durante o segundo dia de interrogatório no seu julgamento por homicídio.
Mais Vídeos