sábado, 25 outubro, 2014. 02:45 UTC

Notícias / Angola

Rádio Ecclésia nega ter cedido ao governo

Director afirma ter abandonado luta por emissoes em onda curta porque não há uma Bispo que ordena serviço pastoral á escala nacional

Coque Mukuta
O director da Rádio Ecclésia desmentiu que esta estação tivesse sido pressionada pelo MPLA a não publicar informação adversa ao governo angolano.




A rádio é conhecida pela sua informação independente mas têm circulado informações que os administradores desta emissora católica cederam a pressões do partido no poder.

O Padre Quintino Kandanji Director da Rádio Ecclésia negou em entrevista a Voz da América haver qualquer influência do partido no poder na linha editorial da Emissora Católica de Angola.

Para o Padre Kandanji não correspondem à verdade as informações segundo as quais a sua direcção terá sido influenciada pelo MPLA para a não publicação de matérias que chocam com o executivo.

Para o Sacerdote a emissora católica de Angola pertence única e exclusivamente a CEAST que lhe foi entregue como um instrumento de envangelização.

“A Emissora Católica de Angola é propriedade da Conferencia Episcopal de Angola e Sã-Tomé e ela foi entregue como instrumento de envangelização” frisou.

Durante vários anos a emissora lutou para poder emitir em todo o pais e tambem para emitir em ondas curtas algo que foi agora abandonado.

O director da rádio disse após reflexões profundas os bispos da CEAST, acharam conveniente não exigirem o retorno da emissão em ondas curtas, por não existir em Angola um Bispo que ordena o serviço pastoral nacional.

Por isso adoptaram na última conferência dos bispos, a declaração púbica da ex-ministra da Comunicação Social Carolina Cerqueira de atribuição de frequências moduladas às emissoras diocesanas locais.

“A Igreja Católica em Angola tem vários bispos e nós não temos bispos nacionais. Não temos Igreja Católica que depende de uma só pessoa. Se nós estabelecêssemos a onda curta isso implicaria que o bispo do lugar onde esta “onda” fosse proposta para todo país, faria a gestão pastoral para todo país. E isso em Angola não procede porque cada diocese, cada bispo tem um projecto de serviço pastoral para o serviço do seu povo de Deus” acrescentou.
O forúm foi encerrado
Comentário
Comentários
     
por: bruno de: Huila
20.12.2012 20:06
Isso é uma estúpida explicação do Director da Rádio Eclesias. Onde já se viu dizer que não existe um Bispo Nacional se a CEAST é Angola e São Tomé!? Então sr Director explica aos angolanos porque é que transmitem missas na TPA, se não existe um padre nacional. Isso só mostra que a Eclesias está BEM VENDIDA. Pouca vergonha


por: mbalumka de: Benguela
18.12.2012 21:22
Padre Kandandji mentiu, sem vergoha na cara. Quando foi padre em Benguela era pessoa honesta, mas depois de ter vindo de São Tome e tomar posse no cargo de Director da Radio Eclesia, virou camalhão. Sabemos que recebeu uma viatura e dinheiro do Ministerio da Comunicação social, por via disso, converteu-se em arrogancia, nao respeita os colegas de serviço, sobretudo a irma Kavate não é respeitada.
Padre Quintino é hoje, sem vergonha, tambem um dos padres corruptos, defensores das causas perdidas pelo regime Mpelista. Padres e Bispos bandidos aumenta o numero em Angola


por: domingos guilherme de: benguela
18.12.2012 19:49
não está bem convicente porque quando pressionavam não havia bispos nacionais. e se for o caso porquê não se abre a emissora católica de benguela em FM que aguarda autorização há muitos anos?

Siga-nos

Rádio

AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

Sexta 16:30 - 17:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Seg-Sexta 17:00 - 18:30 UTC
 

AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

Os Nossos Vídeos

Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
Manchetes Africanas 24 Outubro 2014i
|| 0:00:00
...
 
🔇
X
24.10.2014 18:05
As noticias de Africa em imagens
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 24 Outubro 2014

As noticias de Africa em imagens
Vídeo

Vídeo Levados pelo Boko Haram

O mundo espera para ver se a Nigéria consegue negociar a libertação das 219 raparigas da escola de Chibok, raptadas pelo grupo islâmico Boko Haram em Abril. Activistas dizem que o Boko Haram já raptou centenas de jovens rapazes, mulheres e crianças, desde 2009.
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 23 Outubro 2014

As noticias de Africa em imagens
Vídeo

Vídeo Mãe Trabalhadora - trailler do filme

O filme explora a dupla responsabilidade das mulheres moçambicanas, como mães e trabalhadoras. Gentilmente cedido pelo Organização Internacional do Trabalho
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 22 Outubro 2014

As noticias de Africa em imagens
Vídeo

Vídeo Ébola e os órfãos da Serra Leoa

Centenas de crianças ficaram órfãos na Serra Leoa devido ao surto do vírus do Ébola, são vítimas do estigma e da rejeição. Os familiares não querem saber deles. A Serra Leoa abriu o primeiro orfanato de vítimas do Ébola no distrito de Kailahun.
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 21 Outubro 2014

As noticias de Africa em imagens
Vídeo

Vídeo Ébola: Um Poema para os Vivos

O filme da Chocolate Moose é uma animação desmistificando o Ébola, explicando a doença através do caso de um menino infectado. A VOA fez a dobragem do vídeo original na voz de Mayra de Lassalette. Saiba mais no link http://tinyurl.com/l7vgtjv
Vídeo

Vídeo Manchetes Africanas 17 Outubro 2014

As noticias de Africa em video
Mais Vídeos