sábado, 06 fevereiro, 2016. 07:13 UTC

    Notícias / Angola

    Angola: 29 dias depois da tragédia na Cidadela país continua sem respostas

    No Brasil foi hoje preso um dos donos da discoteca que foi ontem palco das trágicas mortes de mais de 230 jovens.

    Igreja da IURD em Luanda Sul (Foto IURD)
    Igreja da IURD em Luanda Sul (Foto IURD)
    Coque Mukuta
    O empresário está detido para prestar esclarecimentos sobre o incêndio na cidade de Santa Maria, considerado como uma das piores tragédias do tipo no Brasil e até no mundo.

    As investigações iniciais apontam para uma série de erros e imprudências que resultaram na carnificina. O fogo teria começado durante uma apresentação pirotécnica, os extintores de incêndio, mais próximos do palco não funcionaram e a boîte não tinha saídas de emergência suficientes para as mais de 1.500 pessoas que estavam no local.


    A prontidão com que as autoridades brasileiras reagiram ao incidente contrasta com a lentidão do governo angolano na resposta aos acontecimentos no estádio da Cidadela a 31 de Dezembro que causaram a morte de 16 pessoas que assistiam a um serviço religioso. De facto, não são conhecidas até ao momento as causas oficiais das mortes, passados 12 dias após o prazo dado à comissão de inquérito para apurar os factos.

    Um activista cívico angolano disse à VOA que a falta de cultura de responsabilização explica essa realidade.

    Passados 29 dias após a tragédia nada se sabe sobre as causas das mortes daqueles cidadãos. Segundo Serra Bango, um dos responsáveis da Associação Justiça, Paz e Democracia, só não há resultados do inquérito orientado pelo chefe de estado, José Eduardo dos Santos, até hoje pela falta de cultura de responsabilização das pessoas no estado angolano : “Aqui temos o problema de responsabilização das pessoas quando não lhes convém” frisou.

    O presidente deu 15 dias à Comissão de Inquérito para concluir o ser relatório. Não há qualquer notificação pública de que a missão tenha sido cumprida atempadamente.
    O activista adianta que quando não é da conveniência das entidades governamentais, os resultados dos inquéritos não são divulgados: “Quando não é da nossa conveniência os resultados são públicos,  quando é da nossa conveniências não conhecemos os resultados”, disse.

    O inquérito às mortes da Cidadela Desportiva já leva 29 dias sem que os seus resultados sejam conhecidos, enquanto o BAngola: rasil já deteve dois músicos e o dono da discoteca onde morreram neste domingo num incêndio morreram mais de 230 pessoas.

    Contrastando com os secos comunicados oficiais angolanos, altas entidades brasileiras fizeram sentidas declarações públicas de pesar, num tom muito pessoal. A presidente Dilma Rousseff interrompeu de imediato uma visita ao Chile para regressar ao seu país e emocionou-se ao falar da tragédia.
    O forúm foi encerrado
    Comentário
    Comentários
         
    por: mwangole de luanda de: luanda
    30.01.2013 17:12
    Caro irmäo Angolanos voces precisam da visäo do nosso Salvador toda as igreja que Entram em Angola näo Säo igrejas enviado ao nosso Senhor Jesus crito nosso Salvador mas Säo apenas um grupos de Mafiosos Brasileiros que tem mau praticas Magicas ate Aqui na Europa Estäo Espalhado quase em todo mundo Säo deles é para Sacrificar ao Diabo Satanas os ignorantes os que näo quer Aceitar A verdadeira palavra do nosso Senhor Jesus cristo nosso Salvador [ leia O livro do [ I Timoteo 4:1-16 leia.

    Siga-nos

    Rádio

    AudioAngola Fala Só: Ao Vivo I Mp3

    Sexta 16:30 - 17:30 UTC
     

    AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

    Seg-Qui 17:00 - 18:30 UTC
     

    AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

    Sexta-feira 17:30 UTC
     

    AudioEmissão Vespertina: Ao Vivo I Mp3

    Sáb-Dom 17:00 - 18:00 UTC

    Os Nossos Vídeos

    Your JavaScript is turned off or you have an old version of Adobe's Flash Player. Get the latest Flash player.
    Manchetes Mundo 5 Fevereiro 2016i
    X
    05.02.2016 18:40
    Vídeo

    Vídeo Filhos de Jonas Savimbi levam empresa de jogo Call of Duty a tribunal

    Em causa está um milhão de dólares de indemnização por danos morais Entrevista dada à AFP
    Vídeo

    Vídeo Como Chegar à Casa Branca II

    O caminho para a Casa Branca depende de muitos factores Um deles é sem dúvida o financiamento - quanto mais dinheiro tiver, melhor para o candidato Este é o 2º vídeo que explica como decorre a campanha presidencial nos Estados Unidos até ao dia da eleição do Presidente
    Mais Vídeos