Links de Acesso

Zimbabwe: Passar no vermelho dá multa de 100 dólares americanos

  • Redacção VOA

Foto de arquivo

Foto de arquivo

Governo criticado por subir as multas para melhorar as receitas.

No início do novo ano, o governo do Zimbabwe procura novas formas de aumentar as receitas. As multas de trânsito subiram em, pelo menos, 100 por cento. Quem passar no vermelho terá agora de pagar 100 dólares contra os anteriores 20.

Os recursos naturais do Zimbabwe, como ouro, platina e diamantes não salvaram a economia do país, daí a caça aos violadores do código de estrada.
O Ministro das Finanças, Patrick Chinamasa, aumentou as multas no dia 1 de janeiro.

Trata-se da primeira vez que, na história do Zimbabwe, as multas são usadas para gerar receitas para o Estado.

Tawanda Majoni, analista independente baseado em Harare, diz que está claro que o governo anda desesperado e quer dinheiro a todo o custo.

Majoni diz que o governo mal consegue dinheiro para os salários dos funcionários públicos e para projectos.

“Aparentemente agora procura aumentar as receitas com as multas. Mas essa é uma forma infeliz. O governo está de facto a olhar para o crime como fonte de receita,” diz Majoni.

Nas estradas, os automobilistas pedem ao presidente Roberto Mugabe para repensar nas novas multas.

XS
SM
MD
LG