Links de Acesso

Presidentes chinês e americano juntos em Washington


Xi Jinping já esteve com os líderes de grandes empresas americanas incluindo a Amazon, a Apple, a Microsoft, a Boeing e a Facebook.

O Presidente chinês, Xi Jinping, chega hoje, 24, a Washington para conversações com o Presidente americano, Barack Obama, que incluirão temas controversos tais como os ataques cibernéticos, os direitos humanos e as relações económicas entre os dois países.

Trata-se do terceiro dia da visita do líder chinês durante a qual tem focado principalmente a importância da cooperação entre as duas maiores economias mundiais.

Ontem, Xi encontrou-se com os líderes de grandes empresas americanas incluindo a Amazon, a Apple, a Microsoft, a Boeing e a Facebook tendo-lhes prometido que o seu país está empenhado em melhorar o respeito pelos direitos de autor e em facilitar a entrada de firmas estrangeiras na China.

Xi Jinping à direita falando com o CEO da Boeing

Xi Jinping à direita falando com o CEO da Boeing

“Estamos a trabalhar para criar um novo sistema económico aberto, levar a cabo reformas na gestão do investimento estrangeiro e reduzir grandemente as restrições ao investimento”, disse Xi antes e visitar as instalações da Microsoft e da Boeing.

Na ocasião foi anunciado que várias companhias aéreas chinesas vão comprar 300 aviões à Boeing no valor de mais de 38 mil milhões de dólares.

Os líderes empresariais americanos pretendem obter garantias por parte de Xi de que as suas companhias não vão ser discriminadas quando fazem negócios na China e que Pequim deixe acabe com a espionagem industrial em larga escala que custou milhares de milhões de dólares às firmas americanas nos últimos anos.

Na Terça-feira o presidente chinês disse que o seu país estava aberto a uma maior cooperação com os Estados Unidos para impedir ataques cibernéticos e reiterou a posição oficial do seu governo de que a China não é a autora mas sim uma vitima desses ataques.

O Presidente Obama tem vindo a reafirmar a sua intenção de aplicar sanções à China como represália pelos ataques e já anunciou que os crimes cibernéticos estarão no topo da agenda das suas conversações com o seu homólogo chinês.

Os dois líderes jantarão hoje em privado e amanhã decorrerá a cerimónia oficial de acolhimento na Casa Branca. A visita do Presidente Xi Jinping culminará na Sexta-feira com um jantar oficial na Casa Branca.

XS
SM
MD
LG