Links de Acesso

Vladimir Putin cancela viagem a Paris para não falar da Síria com o seu homólogo francês

  • Redacção VOA

Por agora Hollande e Putin não se encontram

Por agora Hollande e Putin não se encontram

O Presidente da Rússia suspendeu uma viagem a Paris nem vai falar com a primeira-ministra alemã para discutir a crise síria, disse o porta-voz do Kremlin Dmitry Peskov, na terça-feira, 11.

A decisão de Vladimir Putin é justificada, segundo fontes do Kremlin, pelo facto de o seu homólogo francês François Hollande querer conversar sobre a Síria, o que o Presidente russo recusa.

"Houve contactos entre o Kremlin e o Palácio do Eliseu hoje de manhã para oferecer a Putin uma visita de trabalho sobre a Síria, mas excluindo todos os outros eventos dos quais o presidente Hollande poderia ter participado", disse uma fonte.

O líder russo teria em sua agenda a inauguração de uma nova catedral russa ortodoxa e uma visita a uma exibição de arte russa na capital francesa.

"O presidente (Putin) observou que poderá visitar Paris no momento que for conveniente para (o presidente francês) Hollande", disse o porta-voz remlin Dmitry Peskov. "Vamos esperar esse momento conveniente chegar."

Na segunda-feira, 10, o ministro das Relações Exteriores da França disse que os seus diplomatas estão a trabalhar para encontrar uma maneira de o promotor do Tribunal Penal Internacional iniciar uma investigação de crimes de guerra que a corte diz terem sido cometidos por forças sírias e russas no leste de Aleppo.

XS
SM
MD
LG