Links de Acesso

Violência marca início do ano no Brasil

  • Patrick Vaz

Cinquenta presos amotinam-se em Amazonas e homem protagoniza chacina familiar em Campinas.

O Ano Novo no Brasil começa violento, com 62 pessoas mortas na sequência de uma chacina familiar e uma rebelião.

Em Manaus, capital do Amazonas, uma rebelião no Complexo Penitenciário Anísio Jobim terminou com 50 detentos mortos também nesta segunda-feira, 2.

Agentes carcerários foram feitos reféns, mas libertados após negociação entre os líderes da rebelião e autoridades prisionais.

A rebelião começou no domingo, 1, em meio à fuga de alguns detentos do presídio.

Nas próximas horas, as autoridades do Estado ainda vão comentar o ocorrido.

Em Campinas, no interior do Estado de São Paulo, durante o Reveillon, um homem matou a tiros a ex-companheira, o filho de oito anos e também outras 10 pessoas da família da ex-mulher que comemoravam a chegada de 2017.

Depois da chacina, o homem suicidou-se.

Ele deixou uma carta às autoridades a dizer ser ser vítima de uma injustiça feita pela ex-companheira que acabou por o separar do filho.

Os 13 corpos foram enterrados nesta segunda-feira, 2, em Campinas e o presidente da Câmara Municpal decretou luto oficial de três dias.

XS
SM
MD
LG