Links de Acesso

Vendedores agitados no Namibe

  • Armando Chicoca

Vista geral do porto do Namibe

Vista geral do porto do Namibe

Terceiro caso de incêndio no mercado leva a manifestação

Os vendedores no mercado 5 de Abril no Namibe estão em pé de guerra depois de mais um incêndio que destruiu muitas das posses dos vendedores.




Foi o terceiro incêndio no espaço de um mês e há acusações de fogo posto.
O mercado foi criado para retirar os vendedores das ruas e muitos ameaçam agora abandonar o local.

O último incêndio ocorreu às 18 horas de sexta-feira quando milhares de vendedores daquele mercado terminavam a jornada de vendas.

A intervenção dos bombeiros evitou que todas as naves fossem atingidas pela chama do misterioso fogo, cujo a origem até hoje é desconhecida.

Os vendedores pagam no mínimo mil kwanzas e os visados questionam o destino do dinheiro cobrado, a julgar pela precariedade de segurança naquele recinto construído com o dinheiro do erário público.

O descontentamento dos sinistrados levou cerca de duzentas mulheres a marcharam na manhã de sábado até à residência do governador Rui Falcão.
O Administrador Municipal do Namibe Armando Valente teve uma reunião com vendedores na manhã de Segunda feira.

Durante o encontro com o Administrador Municipal do Namibe, algumas mulheres queixaram-se de estarem a ser ameaçadas com cadeia, pelo facto de terem-se dirigido a casa do governador pacificamente, com o propósito de exigir responsabilidade das autoridades governamentais em torno dos sucessivos acontecimentos de fogo posto, naquele mercado gerido sob tutela da administração municipal do Namibe.

A Voz de América soube que algumas mulheres negociantes já pediram ao representante regional sul das mãos livres, Jerry Simão no sentido de providenciar advogados que deverão vir ao Namibe proceder assistência judiciaria as vitimas.
XS
SM
MD
LG