Links de Acesso

EUA Saudam Libertação de Induta


EUA Saudam Libertação de Induta

EUA Saudam Libertação de Induta

A libertação corresponde aos pedidos feitos pelo governo dos Estados Unidos para se respeitar a Constituição e o Estado de Direito

31,Dez.2010 - Os Estados Unidos receberam com agrado a decisão das autoridades da Guiné-Bissau de libertar o almirante Zamora Induta, antigo chefe das Forças Armadas do país, detido durante a intervenção militar de 1 de Abril.

De acordo com um comunicado da embaixada dos EUA em Dacar, no Senegal, “aquela liberação corresponde aos pedidos feitos pelo governo dos Estados Unidos para se respeitar a Constituição e o Estado de Direito” no país.

Recorda-se que o ex-comandante das Forças Armadas da Guiné-Bissau, Zamora Induta, foi libertado na semana passada, após oito meses detido em Mansoa, devendo apresentar-se periodicamente à justiça militar.

Induta pode ausentar-se do país, mas terá de pedir autorização à Justiça Militar uma vez que aguarda julgamento por alegados crimes de administração danosa de fundos do exército.

Além de Zamora Induta, também foi libertado o coronel Samba Djaló, antigo chefe da secreta militar, detido juntamente com o ex-chefe das Forças Armadas, no âmbito da intervenção militar liderada pelo actual chefe das Forças Armadas, António Indjai.

XS
SM
MD
LG