Links de Acesso

Obama com ligeira vantagem no segundo debate presidencial


Obama e Romney no debate de terça-feira

Obama e Romney no debate de terça-feira

Houve muito mais confrontação do que no primeiro debate, com os candidatos ocasionalmente a argumentarem vivamente entre si.

O presidente Barack Obama e o candidato presidencial republicano Mitt Romney efectuaram terça-feira o segundo dos seus três debates televisivos. Houve muito mais confrontação do que no primeiro debate, com os candidatos ocasionalmente a argumentarem vivamente entre si.

Com os números das sondagens a baixarem depois de um desempenho menos conseguido no primeiro debate, o presidente Obama foi muito mais enérgico e agressivo no segundo debate.

Ele e o governador Romney esgrimiram num fórum tipo assembleia na Universidade de Hofstra, perto da cidade de Nova York, onde responderam a questões feitas por uma audiência de eleitores indecisos.

Um das questões disse respeito ao ataque de Setembro ao Consulado dos Estados Unidos em Bengazi, na Líbia, que matou o embaixador Chris Stevens e três outros diplomatas americanos.

O presidente Obama responsabilizou-se em última análise pelos lapsos de segurança que permitiram que o ataque ocorresse, mas criticou também Romney pela sua resposta ao incidente:

“Enquanto estávamos a lidar com os diplomatas que estavam a ser ameaçados, o governador Romney distribuiu um comunicado à imprensa, tentando extrair dividendos políticos. E isso não é a forma de agir de um comandante-em-chefe. Não se vira a segurança nacional para um assunto político.”

O governador Romney disse que as falhas da administração em Bengazi eram simbólicas de um falhanço geral da política para com o Médio Oriente. E disse que foi Obama que fez política depois do ataque:

“O presidente, um dia depois do que aconteceu, foi a Las Vegas para um jantar de angariação de fundos e no dia seguinte ao Colorado para um outro evento político. Penso que essas acções tomadas por um presidente e líder têm um significado simbólico.”

Sobre a economia, o presidente defendeu a sua política e prometeu continuar a trabalhar para acelerar a recuperação:

“Criámos cinco milhões de empregos, ultrapassando os 800 mil empregos que estavam a ser perdidos mensalmente e estamos a fazer progressos. Salvámos a indústria automóvel que estava à beira do colapso.”

Os dois candidatos esgrimiram também sobre a emigração, assuntos de mulheres, controlo de armas e educação.

Várias sondagens realizadas momentos depois do debate deram ao presidente Obama uma ligeira vantagem.

A grande maioria dos americanos entende que Romney venceu o primeiro debate, no dia 3 de Outubro. E o candidato republicano tem vindo a subir nas sondagens de opinião pública desde então. A maioria das recentes sondagens mostra os dois candidatos quase empatados.

O presidente Obama e o governador Romney vão realizar o seu último debate, sobre política externa, na próxima segunda-feira, na Flórida.
XS
SM
MD
LG