Links de Acesso

Presidente Obama Quer Reformar Política de Imigração

  • Paulo Faria

O presidente Barack Obama apelou por medidas destinadas a reformar a política de imigração dos Estados Unidos.

<! -- IMAGE -- >O presidente Barack Obama apelou por medidas destinadas a reformar a política de imigração dos Estados Unidos.
O presidente Obama afirmou num discurso que o sistema de imigração dos Estados Unidos está “arruinado e perigoso” e que as fronteiras do país são tão vastas para o problema ser resolvido apenas com a construção de mais cercas.
Disse Obama : “Em suma, o sistema está arruinado e todos sabem disso. Infelizmente, as reformas têm estado reféns de interesses especiais e políticos e para o sentimento subtil em Washington que lida com um tal assunto espinhoso e emocional é inerentemente uma má política.”
Falando na Escola de Serviço Internacional da Universidade Americana, em Washington, o presidente fez o seu primeiro grande apelo para uma reforma global da política de imigração do país.
Obama não anunciou quaisquer novas iniciativas sobre o assunto, mas classificou uma reforma do sistema de imigração dos Estados Unidos como “um imperativo moral”.
Funcionários da Casa Branca disseram que a decisão do presidente de falar sobre o assunto foi influenciada por vários factores, incluindo a recente passagem no estado do Arizona de uma dura lei contra imigrantes ilegais.
Obama afirmou que a inacção a nível federal tem levou que que considera uma má lei: “Assim, Estados como o Arizona decidiram tomar o assunto nas suas mãos. Dados os níveis de frustração através do país, isto é incompreensível. Mas é também mal concebido.”
A nova lei tem encontrado protestos em todo o país, embora sondagens indiquem que a maioria dos americanos questionados apoiam-na.
O presidente Obama disse ser necessária uma solução global para o problema da imigração na América.
Procurou assegurar aqueles que querem ser duros em relação aos imigrantes ilegais que não apoia a concessão de amnistias a pessoas que se encontram nos Estados Unidos contra a lei.
Obama assegurou também a grupos pro-imigrantes que não tem intenção de tentar arrebanhar e deportar aqueles que estão ilegalmente no país.
O presidente Obama apelou aos congressistas para terem a coragem política de lidarem um tão importante assunto.
Apesar do apelo do presidente, membros do Congresso, muitos dos quais procuram a reeleição em Novembro, não irão pegar o controverso assunto da reforma da imigração este ano.

XS
SM
MD
LG