Links de Acesso

UNITA vai a tribunal lutar pela sua bandeira

  • Redacção VOA

 Bandeira da Aliança Patriótica Nacional

Bandeira da Aliança Patriótica Nacional

Galo Negro diz que Aliança Patriótica Nacional não devia ter sido oficializada porque a bandeira é semelhante à sua

O principal partido da oposição angolana, a UNITA, interpôs hoje, 24, um recurso à plenária do tribunal constitucional para impugnar a bandeira do recém formada Aliança Patriótica Nacional.

A UNITA alega que a bandeira do partido em causa confunde-se com a sua, o que é proibido pela lei que rege os partidos políticos.

Numa nota de imprensa, a UNITA lamenta que o Dr. Rui Ferreira, Venerando Juiz Presidente do Tribunal Constitucional de Angola, não agiu em conformidade com o citado artigo 15º, nem com a jurisprudência do Tribunal Constitucional na inscrição e registo do Partido Aliança Patriótica Nacional.

Anteriormente o líder da Aliança Patriótica Nacional, Quintino Moreira, tinha rejeitado as declarações de dirigentes da UNITA que o acusam de ter criado um partido com uma bandeira com cores semelhantes às suas.

Moreira disse à VOA que as acusações não têm razão de ser, uma vez que as cores das duas bandeiras não têm nada em comum e que os eleitores da UNITA têm maturidade suficiente para não confundir os dois estandartes partidários.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG