Links de Acesso

UNITA diz-se impedida de fiscalizar o governo

  • Redacção VOA

Raul Danda líder parlamentar da UNITA

Raul Danda líder parlamentar da UNITA

Partido da oposição afirma que responsáveis de empresas públicas recusaram-se em responder as suas solicitações que tinham por finalidade inteirar-se do funcionamento desses sectores

O Grupo parlamentar da UNITA queixa-se de estar a ser impedida de fiscalizar a actividade das instituições públicas do país, no quadro das atribuições da Assembleia Nacional.

Segundo declarações do líder parlamentar do maior partido da oposição angolana, Raul Danda, a EDEL negou-se por duas vezes a receber a delegação da UNITA alegando autorização superior enquanto que a EPAL empresa de distribuição de Água da Luanda preferiu não responder à solicitação.

O deputado, Raul considera a atitude destas públicas como sendo de arrogância e desrespeito a um órgão de soberania.

“Estes empresas têm a obrigação legal de não cria qualquer impedimento ao trabalho do deputado," disse.

Raul Danda disse que o comportamento das empresas em causa é estimulado pelo partido governamental cuja bancada parlamentar se tem manifestado contra topo o tipo de fiscalização à actividade do poder executivo.
XS
SM
MD
LG