Links de Acesso

Unita não confirma deserção de militantes para o MPLA

  • Manuel José

Alcides Sakala, porta-voz da UNITA

Alcides Sakala, porta-voz da UNITA

Unita diz ter havido aproveitamento político por parte dos órgãos de comunicação social do Estado no tratamento destas matérias.

Mais de 2.500 militantes abandonaram a Unita em Cachiungo no Huambo, para ingressar as fileiras do MPLA, segundo a Angop.

A Unita não confirma a informação e diz que tem havido aproveitamento político por parte dos órgãos de comunicação social do Estado no tratamento destas matérias.

O porta-voz do partido do Galo Negro, Alcides Sakala, disse à VOA desconhecer esta informação, mas de um modo geral tem havido um certo empolamento dos órgãos públicos: "Tem havido algum aproveitamento político relativamente a esta situação, por parte dos órgãos públicos, mas entendemos que quem quiser sair e filiar-se num outro partido pode fazê-lo"

Por parte do MPLA, o responsável para as questões políticas e eleitorais de Luanda não confirmou a informação do Huambo mas adiantou outra que tem a ver com cerca de 80 cidadãos tanto da Unita como da Casa-CE que abandonaram os seus partidos e vão ser apresentados depois de amanhã como reforços do MPLA.

Norberto Garcia acredita que estes cidadãos procuram no MPLA o que não encontram nas suas antigas organizações.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG