Links de Acesso

UNITA elogia novo comandante da polícia da Huíla

  • Teodoro Albano

Amélia Judite, secretária provincial da UNITA na Huíla.

Amélia Judite, secretária provincial da UNITA na Huíla.

Dirigente da polícia discutiu com Galo Negro a violência política.

A UNITA saudou o novo comandante da polícia da Huíla por este ter consultado este partido na sequência de confrontos políticos entre elementos da UNITA e do MPLA.




Chicomba e Caluquembe são os municípios que entre 30 de Maio e 1 de Junho do presente ano viveram ambientes de tensão política que terão envolvido elementos alegadamente afectos ao MPLA e a UNITA.

Em Chicomba na base da contenda terá estado o hastear da bandeira da UNITA no sector do Vihópio na comuna do Ké. Oito feridos não confirmados oficialmente entre militantes dos dois partidos foi o resultado da confrontação.

O ambiente vivido nessas duas localidades juntou nesta quarta-feira no Lubango, o comandante provincial da polícia nacional, comissário, Albino Abreu “ Xaxá” e a secretária da UNITA na Huíla, Amélia Judite.

Ao fim de perto de hora e meia de reunião, Amélia Judite, saudou a abertura ao diálogo demonstrada pela polícia que convocou o encontro.

“ Só através do diálogo é possível resolver as diferenças e esta abertura institucional para nós é muito salutar,” disse.

“ Como os senhores jornalistas sabem a polícia é o órgão vocacionado para manter a ordem e a tranquilidade e o seu comandante que é recente nessa província, procurou através de nós a interacção e a abertura para que sempre houver alguma situação nós pudéssemos bater à porta destas instituições não importa a que nível,” disse Amélia Judite.

“Pensamos nós que é um facto positivo,” acrescentou Judite que disse ainda que na reunião a UNITA falou sobre “aquilo que tem sido o procedimento de alguns comandantes municipais relacionada aos tais conflitos políticos”.

O porta-voz da polícia na Huíla, superintendente-chefe, Paiva Tomás, referiu que o encontro serviu para concertação e prevenir situações futuras na região.

É a primeira vez que os chamados actos de intolerância política motivaram uma reunião da alta liderança da polícia na Huíla com a UNITA.

O gesto está ser encarado como que o início de uma nova era implementada pelo comissário Albino Abreu “Xaxá” empossado recentemente na chefia da polícia na região.
O encontro teve ainda a particularidade de contar com a presença de todos os comandantes municipais de polícia.
XS
SM
MD
LG