Links de Acesso

UNITA denuncia irregularidades no registo eleitoral em Cabinda

  • Manuel José

Vendedoras de peixe na praia de Lombolombo em Cabinda

Vendedoras de peixe na praia de Lombolombo em Cabinda

Comissão Provincial afirma que processo decorre bem, mas lamenta ausência de fiscais da oposição.

Uma fiscal da UNITA acusou as autoridades de cometerem irregularidades no processo eleitoral, mas a comissão provincial diz que tudo decorre dentro da normalidade.

Ana Pemba Bacauca, fiscal da UNITA numa das brigadas de actualização do registo eleitoral, disse aos jornalistas que não existe transparência no processo e que os fiscais foram proibidos de levar os dados estatísticos para casa.

Face aos problemas criados com a falta de acesso aos dados estatísticos e das dificuldades encontradas na fiscalização da actividade das brigadas, aquela fiscal manifestou preocupação de se estar em preparação uma fraude eleitoral.

A Comissão Provincial Eleitoral iniciou esta segunda-feira, 3, visitas de observação do processo de actualização do registo eleitoral.

De acordo com o presidente da Comissão Provincial o processo de actualização de registo decorre com regularidade mas lamentou o que disse ser uma uma grande ausência de fiscais dos partidos da oposição.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG